Dow AgroSciences e Aprosoja se unem para realizar treinamentos de Aplicação Responsável em MT

Agronegócio

Dow AgroSciences e Aprosoja se unem para realizar treinamentos de Aplicação Responsável em MT

A parceria prevê alcançar o maior número possível de aplicadores, técnicos e profissionais envolvidos na aplicação
Por:
959 acessos

Desenvolvido pela Dow AgroSciences em parceria com a Universidade Estadual Paulista (UNESP) de Botucatu para disseminar as Boas Práticas Agrícolas, o Programa de Aplicação Responsável inicia seu calendário de treinamentos voltados às culturas de soja e milho em municípios do Estado de Mato Grosso.
 
Nos meses de agosto e setembro, em parceria com a Associação dos Produtores de Soja e Milho (Aprosoja), a Dow AgroSciences realizará os treinamentos em diversas cidades mato-grossenses, entre elas, Cuiabá, Primavera do Leste, Tangará da Serra, Campo Novo do Parecis, Sapezal, Brasnorte, Porto dos Gaúchos, Tabaporã, Matupá, Sinop, Sorriso, Lucas do Rio Verde, Nova Mutum, Canarana e Querência.
 
Voltados às grandes culturas e cana-de-açúcar, os treinamentos deste ano também serão focados em campos de produção de sementes, hortifruti e agricultura familiar, ressaltando o comprometimento da empresa com a sustentabilidade em toda a cadeia produtiva e reforçando a qualidade e segurança na aplicação de defensivos. Para capacitar os participantes, os mestrandos e doutorandos do Curso de Agronomia da Unesp compartilham durante meio dia de campo, os conceitos de aplicação responsável de forma teórica e por meio de simulações práticas.
 
“O objetivo principal do Programa de Aplicação Responsável é realizar ações de extensão para apresentar aos produtores rurais os conceitos de boas práticas na aplicação de defensivos agrícolas, além de conscientizar e incentivar a adoção destas iniciativas, a fim de otimizar recursos, reduzir o impacto no meio ambiente e prover maior sustentabilidade para o agronegócio”, comenta a coordenadora de Boas Práticas Agrícolas da Dow AgroSciences, Ana Cristina Pinheiro. “A ideia é melhorar a eficiência da tecnologia de aplicação, por meio da correta manutenção e calibração dos pulverizadores a campo, da escolha criteriosa do tamanho de gotas e do volume de aplicação e da verificação das condições climáticas no momento das aplicações, com isso, o produtor otimiza suas operações, reduz perdas e melhora sua produtividade”, complementa.
 
O investimento em tecnologia e educação está dentro dos objetivos da empresa que foca na importância dos treinamentos para a capacitar e disseminar as melhores recomendações por meio de práticas integradas em todas as etapas do processo de cultivo e produção. Desde o seu início, o programa treinou cerca de 12.500 profissionais do campo sobre a importância das boas práticas agrícolas, com foco nos conceitos de tecnologia de aplicaç

Atenção: Para comentar esse conteúdo é necessário ser cadastrado, faça seu cadastro gratuíto.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink