Dow AgroSciences lança Programa de Aplicação Responsável para Agricultura Familiar

Agronegócio

Dow AgroSciences lança Programa de Aplicação Responsável para Agricultura Familiar

Programa inicia nesta semana os treinamentos voltados à Agricultura Familiar
Por:
299 acessos

O programa, que também realiza treinamentos em grandes culturas, cana-de-açúcar, campos de produção de sementes e hortifruti, reforça a qualidade e segurança na aplicação de defensivos
 
O Programa de Aplicação Responsável da Dow AgroSciences inicia nesta semana os treinamentos voltados à Agricultura Familiar, nos estados do Goiás e Rio de Janeiro. Esta é uma novidade do projeto para este ano, que realiza treinamentos, desde 2010, em grandes culturas, cana-de-açúcar e campos de produção de sementes de milho. O projeto, que é um dos pilares de Boas Práticas Agrícolas da empresa, foi desenvolvido com o intuito de promover a responsabilidade durante a aplicação de defensivos agrícolas e garantir a sustentabilidade do agronegócio.
 
Criado em parceria com a Universidade Estadual Paulista (UNESP) de Botucatu, o Programa passa por todas as regiões do Brasil, ressaltando o comprometimento da empresa com toda a cadeia produtiva e reforçando a qualidade e segurança na aplicação de defensivos. Para capacitar os participantes, os mestrandos e doutorandos do Curso de Agronomia da Unesp compartilham durante um dia de campo, os conceitos de aplicação responsável de forma teórica e por meio de simulações práticas.
 
“O objetivo principal do Programa de Aplicação Responsável é apresentar aos agricultores os conceitos de boas práticas na aplicação de defensivos agrícolas, além de conscientizar e incentivar a adoção destas iniciativas, a fim de otimizar recursos, reduzir o impacto no meio ambiente e prover maior sustentabilidade para o agronegócio”, comenta a coordenadora de Boas Práticas Agrícolas da Dow AgroSciences, Ana Cristina Pinheiro. “A ideia é melhorar a eficiência da tecnologia de aplicação por meio da correta manutenção dos pulverizadores, da escolha criteriosa do tamanho de gotas e do volume de aplicação e da verificação das condições climáticas no momento das aplicações, ajudando o produtor a otimizar suas operações, reduzindo perdas e melhorando sua produtividade”, complementa.
 
O investimento em tecnologia e educação está dentro dos objetivos da empresa que foca na importância dos treinamentos para a capacitar e disseminar as melhores recomendações por meio de práticas integradas em todas as etapas do processo de cultivo e produção. Desde o seu início, o programa treinou cerca de 12.500 profissionais do campo sobre a importância das boas práticas agrícolas, com foco nos conceitos de tecnologia de aplicação. A meta planejada para 2016 prevê 250 treinamentos com capacitação de cerca de 5 mil agricultores, técnicos e operadores de pulverizadores.


Atenção: Para comentar esse conteúdo é necessário ser cadastrado, faça seu cadastro gratuíto.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink