Agronegócio

Duas mulheres morrem de gripe aviária na Indonésia

O número total de mortes de humanos por gripe aviária no país chega a 61
Por: -Telly Nathalia
3 acessos

Duas indonésias morreram de gripe aviária, informou uma autoridade do Ministério da Saúde nesse sábado (13-01), elevando o número total de mortes de humanos por gripe aviária no país para 61, em meio à propagação de novos casos.

Uma mulher de 27 anos, do sul de Jacarta, morreu na noite de sexta-feira após ter dado entrada no hospital Persahabatan, na capital, em busca de tratamento, segundo Muhammad Nadirin, do centro de informações sobre gripe aviária.

Questionado sobre se a mulher teria entrado em contato com aves contaminadas, Nadirin disse: "Uma semana antes de ela ficar doente, havia galinhas mortas perto de sua casa." A segunda morte foi a de uma mulher de 22 anos, de Tangerang, oeste de Jacarta, nas primeiras horas do sábado, segundo a autoridade.

Separadamente, foi confirmado um caso de contaminação por gripe aviária em um homem de 18 anos, que estava sendo tratado num hospital após sua mãe ter morrido devido à doença na quinta-feira, marcando um caso de contaminação coletiva, segundo outra autoridade.

O marido e o filho da mulher de 37 anos, de Serpong, na parte oeste de Java, estavam sendo tratados com sintomas de gripe aviária no hospital Persahabatan. Joko Suyono, outra autoridade do centro de informações sobre gripe aviária, disse que os exames feitos no filho comprovaram a contaminação com o vírus da gripe aviária.

Não estava claro se eles haviam entrado em contato com aves doentes, afirmou a autoridade. Resultados imediatos de testes realizados com o pai também não estavam disponíveis, mas Nyoman Kandun, diretor geral do controle de doenças transmissíveis no Ministério da Saúde, disse que o resultado positivo do filho sinalizava um caso de contaminação coletiva.

A autoridade disse, no entanto, que não existia evidência de transmissão do vírus entre seres humanos até agora neste caso. O maior caso de contaminação coletiva de gripe aviária no mundo ocorreu em maio de 2006, no distrito de Karo, na província de Sumatra do Norte, onde sete pessoas de uma família morreram. O caso levantou temores de que o vírus teria sofrido mutação para uma forma que poderia se espalhar facilmente entre pessoas. Os casos mais recentes elevam o número de mortes na Indonésia para 61, o maior valor no mundo.

Atenção: Para comentar esse conteúdo é necessário ser cadastrado, faça seu cadastro gratuíto.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink