DuPont leva para a Hortitec seu “Programa Tomate”
CME MILHO (DEZ/20) US$ 4,046 (0,55%)
| Dólar (compra) R$ 5,60 (-0,69%)


Agronegócio

DuPont leva para a Hortitec seu “Programa Tomate”

Soluções de alta tecnologia constituem ferramentas de proteção aos investimentos do produtor, acredita DuPont
Por:
1709 acessos
Companhia desenvolve soluções com foco na qualidade e na produtividade da cultura, baseado em fungicidas e inseticidas reconhecidos pelo produtor brasileiro

Soluções de alta tecnologia constituem ferramentas de proteção aos investimentos do produtor, acredita DuPont


Com uma plataforma empresarial ancorada na Ciência aplicada ao desenvolvimento de soluções tecnológicas, a DuPont anuncia durante a Hortitec, feira que começa hoje na cidade paulista de Holambra, novas soluções de proteção para a cultura do tomate, que recebeu o nome DuPont Programa Tomate.


De acordo com o engenheiro agrônomo Ademilson Villela, gerente de marketing da DuPont para HF, a metodologia desenvolvida pela empresa contribuirá, sobretudo, para que o agricultor obtenha máxima produtividade, além de agregados de qualidade, na produção de sua lavoura.

Villela assinala que o Programa Tomate está amparado na ação de uma linha de produtos de alta tecnologia. São fungicidas – Equation® Midas®, Curzate® BR, Kocide®, Manzate® WG, e inseticidas: Rumo® WG, Premio® e Lannate® BR.

“Desenvolvemos o programa para auxiliar o produtor em sua principal preocupação, que é proteger as lavouras contra os prejuízos da requeima, da pinta-preta, entre outras doenças, e também das pragas e lagartas de difícil controle”, explica Villela. “O tomaticultor busca acima de tudo a obtenção de plantas vigorosas, de alto potencial produtivo, pois esse é o melhor caminho para que ele colha, também, rentabilidade”, diz.


De acordo com Villela, os produtos que integram o DuPont Programa Tomate apresentam formulações modernas, mais seguras e, em geral, são usados em doses reduzidas. “O tomateiro constitui uma cultura de alta complexidade no tocante ao controle de pragas e doenças”, afirma o gerente, “com a adoção de métodos modernos de proteção, o tomaticultor certamente tem ampliada sua oferta de frutos de qualidade, com maior valor agregado”, acrescenta.

Villela destaca, em particular, o sucesso que o programa de tratamento tem obtido, segundo avaliação dos produtores de tomate, com a ação do novo inseticida da companhia - Premio® - sobre lagartas de difícil controle.

“Trata-se de inseticida de última geração, que chegou ao mercado há menos de dois anos. Esse produto age com alta eficiência sobre lagartas que trazem prejuízos, como a traça do tomateiro, brocas e lagartas”, observa Villela. Ele ressalta também a importância do inseticida Lannate® no programa da companhia, “um produto reconhecido por seu potente efeito de choque e amplo espectro”. Ainda em relação a Premio® e Rumo® WG, o gerente da DuPont enfatiza que a aplicação dos produtos vem contribuindo para melhor manejo de pragas.


No tocante aos fungicidas, Ademilson Villela lembra que todas as marcas atreladas ao Programa Tomate são conhecidas do produtor, segundo especificidades de aplicação. “Equation®, por exemplo, conta com uma reputação de confiabilidade, pois há muitos anos gera resultados ao tomaticultor na proteção de sua lavoura contra doenças difíceis como requeima, pinta-preta”, observa o gerente.

De acordo com a DuPont, embora o foco de sua participação na Hortitec se concentre no tomate, programas de tratamento semelhantes a esse foram desenvolvidos para proteção das culturas de uva, cebola, batata e melão, entre outras frutas e hortaliças.

Anúncios que podem lhe interessar


Atenção: Para comentar nesta página é necessário realizar o seu cadastro gratuíto ou entrar.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink