DuPont Proteção de Cultivos e DuPont Pioneer premiam os campeões nacionais de produtividade de milho-safrinha

Agronegócio

DuPont Proteção de Cultivos e DuPont Pioneer premiam os campeões nacionais de produtividade de milho-safrinha

Programa Colhendo Rentabilidade reuniu em Goiânia produtores finalistas do torneio
Por:
1336 acessos

Programa Colhendo Rentabilidade reuniu em Goiânia produtores finalistas do torneio, vencido por Augusto Pegoraro, Fausto Batista e Evandro Peixoto
 
As empresas DuPont Proteção de Cultivos e DuPont Pioneer divulgaram em Goiânia os vencedores do Programa Colhendo Rentabilidade um concurso voltado a produtores de milho-safrinha das regiões Brasil Central e Triângulo Mineiro. Os campeões foram os agricultores Augusto Pegoraro, Fausto Pereira Batista e Evandro Pagnoncelli Peixoto. Pegoraro sagrou-se campeão nacional, enquanto Pereira e Pagnoncelli ganharam nas regiões Triângulo Mineiro e Brasil Central, respectivamente.
 
Entre 60 produtores finalistas, Augusto Pegoraro, da cidade de Silvânia (GO), obteve a marca-recorde da edição 2016 do concurso, de 199,08 sacas de milho por hectare. Fausto Pereira, de Uberaba (MG), colheu 149 sacas/ha e Evandro Pagnoncelli, de Chapadão do Céu (GO), atingiu 144,29 sacas/ha.
 
De acordo com o gerente de marketing de inseticidas da DuPont para o mercado de cereais, Ivan Jarussi, os produtores inscritos no Programa Colhendo Rentabilidade reservaram uma área de 10 hectares em suas propriedades para o cultivo de milho na safrinha. O manejo produtivo dessas lavouras foi baseado no plantio de sementes da DuPont Pioneer e no uso de tecnologias da DuPont Proteção de Cultivos, para controle de doenças, pragas e plantas daninhas.
 
Cada lavoura participante do programa, assinala Jarussi, foi inspecionada ao longo do processo produtivo por uma equipe de representantes comerciais da DuPont Proteção de Cultivos e DuPont Pioneer.
 
“O concurso permite às empresas e aos agricultores compartilhar conhecimento e desenvolver metodologias inovadoras, em busca de maiores produtividades”, ressalta Ivan Jarussi. “A tendência é de que muitas experiências realizadas nessas lavouras sejam implementadas nas safras seguintes”, conclui o engenheiro agrônomo da DuPont.
 
Além do Programa Colhendo Rentabilidade a DuPont Proteção de Cultivos investe anualmente nos concursos similares DuPont Colheita Farta Soja e DuPont Colheita Farta Café. Este último terá os vencedores da edição 2016 conhecidos no final deste mês, durante um evento que acontecerá na cidade paulista de Ribeirão Preto (SP).


Atenção: Para comentar esse conteúdo é necessário ser cadastrado, faça seu cadastro gratuíto.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink