EDA de Tupã realiza a entrega de certificados de Registro de Estabelecimento Avícola Comercial

Agronegócio

EDA de Tupã realiza a entrega de certificados de Registro de Estabelecimento Avícola Comercial

O município de Bastos é o maior produtor de ovos do Brasil
Por:
1487 acessos

O município de Bastos é o maior produtor de ovos do Brasil

A Coordenadoria de Defesa Agropecuária (CDA) da Secretaria de Agricultura e Abastecimento do Estado de São Paulo entregou, por meio do seu Escritório de Tupã, 32 certificados de Registros de Estabelecimentos Avícolas Comerciais, em atendimento a Instrução Normativa (IN) 56/2007, do Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Mapa). A cerimônia foi realizada na quarta-feira, 14 de dezembro, durante o 15° Jantar de Confraternização dos Produtores de Ovos de Bastos. Na ocasião, José de Barros Vieira, diretor do Escritório de Defesa Agropecuária (EDA) de Tupã, entregou os documentos aos produtores, entre os quais, Lauro Morishita, da Granja Morishita.

O município de Bastos é o maior produtor de ovos do Brasil, produzindo aproximadamente 17,8 milhões de ovos por dia. Luciano LaGatta, assistente agropecuário da CDA e coordenador do Programa Estadual de Sanidade Avícola, lembra que os avicultores de Bastos já tiveram experiência com uma doença exótica, a Laringotraqueíte – uma doença viral aguda do trato respiratório das galinhas que pode causar grandes perdas econômicas – por esta razão considera importante a adoção de medidas de biosseguridade para prevenção da Influenza Aviária, Doença de Newcastle, entre outras enfermidades aviárias.

De acordo com Fernando Buchala, coordenador da CDA, que representou o secretário de Agricultura e Abastecimento do Estado de São Paulo, Arnaldo Jardim, durante o evento, “os avicultores de Bastos merecem parabéns pelo comprometimento na adoção das medidas de biosseguridade preconizadas pela IN 56/2007, incentivando os demais a seguirem pelo mesmo caminho, o da biosseguridade”, afirmou, aproveitando para convocar os demais avicultores do Estado a se apressar para adequar suas instalações e ficar em conformidade com a legislação.


Atenção: Para comentar esse conteúdo é necessário ser cadastrado, faça seu cadastro gratuíto.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink