Agronegócio

Editais para reforma e construção de armazéns saem na próxima semana

o todo serão construídas 10 unidades e reformadas outras 80
Por:
1385 acessos
Nos próximos dias serão lançados os editais para elaboração dos projetos básicos e de estudos de viabilidade técnica e ambiental das obras de construção e modernização dos armazéns públicos do país. Ao todo serão construídas 10 unidades e reformadas outras 80.


Segundo o presidente da Companhia Nacional de Abastecimento (Conab), Rubens Rodrigues dos Santos, para a contratação e elaboração dos projetos serão investidos R$ 13 milhões. Depois de prontos os projetos, serão lançados os editais de contratação das obras.

A expectativa da comissão criada para conduzir o processo de ampliação e modernização dos armazéns públicos é ter a reforma contratada ainda neste ano em Currais Novos (RN) e Entre Rios (BA). Em 2014, outras 26 unidades armazenadoras serão reformadas, sendo 19 em diversos estados do semiárido do Nordeste, quatro em Mato Grosso e uma no Paraná.


No próximo ano, também está prevista a construção de novos armazéns nas cidades de Anápolis (GO), Luís Eduardo Magalhães (BA), Xanxerê (SC) e Itaqui (MA), totalizando investimentos de R$ 250 milhões. As novas unidades terão, juntas, a capacidade de armazenar 300 mil toneladas. Na Bahia e no Maranhão, os novos armazéns terão capacidade para 100 mil toneladas cada. Já em Goiás e em Santa Catarina, as unidades terão capacidade para 50 mil toneladas cada.

A expectativa é que as obras se iniciem no primeiro semestre de 2014. Para 2015, estão previstos investimentos de R$ 237 milhões para reforma de 52 armazéns em diversos estados da rede atual da Conab, e construção das outras seis unidades. Ao final das obras, a capacidade estática de armazenagem da Conab passará de 1,96 milhões para 2,81 milhões de toneladas.


Entre as melhorias previstas para as unidades já existentes estão a renovação das instalações internas e externas e a ampliação das capacidades com a instalação de equipamentos mais modernos e a recuperação de outros.

O plano de modernização da rede pública de armazenagem foi anunciado pela presidenta Dilma Rousseff no começo de junho, durante lançamento do Plano Agrícola e Pecuário 2013/2014.
Atenção: Para comentar esse conteúdo é necessário ser cadastrado, faça seu cadastro gratuíto.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink