Soja

Editora Gazeta lança o Anuário Brasileiro da Soja 2017

Publicação apresenta principais informações da cadeia produtiva nacional da oleaginosa
Por:
476 acessos

O agronegócio brasileiro deu um show em todos os sentidos na temporada 2016/17. O clima colaborou como em raras ocasiões ao longo de todo o ciclo das principais culturas de verão, e esse auxílio, a par com a adoção do melhor pacote tecnológico, elevou a produtividade de maneira significativa. Se esse quadro foi recorrente nas diversas espécies, nas lavouras de soja é que se alcançou desempenho que beira a excelência. O Brasil colheu 114 milhões de toneladas, 19,5% a mais do que na etapa anterior, que fecharam em 95,4 milhões de toneladas.

Só para o plantio da soja o País preparou 33,9 milhões de hectares na etapa 2016/17. No comparativo com a temporada anterior, o incremento foi de apenas 2%. Isso revela que o salto na produção foi simplesmente 10% maior do que o da área de cultivo. O diferencial, claro, esteve na produtividade, que cresceu cerca de 17% entre uma safra e outra. Todo potencial do País referente à oleaginosa pode ser conferido no Anuário Brasileiro da Soja 2017, que acaba de ser lançado pela Editora Gazeta. A publicação, bilíngue, apresenta em 104 páginas as principais informações da cadeia produtiva nacional.

Atenção: Para comentar esse conteúdo é necessário ser cadastrado, faça seu cadastro gratuíto.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink