Educação Sanitária em Municípios da Regional Pelotas

Agronegócio

Educação Sanitária em Municípios da Regional Pelotas

Ações educativas para 2017 já estão planejadas
Por:
231 acessos

Ações educativas para 2017 já estão planejadas

As ações educativo-sanitárias desenvolvidas em escolas das zonas rurais e urbanas de Arroio Grande, Cerrito, Jaguarão, Pedro Osório, e Pelotas vêm sendo realizadas através de diversas atividades focadas na saúde humana e animal, desde a implantação desse programa em 2010, e efetivadas em fases distintas de metodologia, com crescente demanda de alunos de ensino infantil, fundamental, médio, e técnico, além das famílias, escolas, comunidades, professores e demais profissionais envolvidos a cada ano.  

Diante da preocupação com as incidências de Mormo no Estado do RS, e solicitação de algumas escolas, a equipe da regional Pelotas, promoveu em 2016, Encontros de Educação Sanitária em localidades de Cerrito, Capão do Leão, Piratini, e Pelotas que contou com a participação de alunos e professores de outras 7 (sete) escolas, e sediado pelas EMEF Arthur de Souza Costa na Cascata,  e EMEF Waldemar Denzer na Colônia Aliança.

Nas duas escolas de ensino fundamental de Pedro Osório, e nas seis de ensino fundamental, médio e técnico de Jaguarão, os temas ministrados foram gripe aviária, e peste suína clássica, com distribuição de material educativo como subsídio, e realizadas dramatizações com máscaras de animais doentes e sadios de ambas as doenças.

No mês de novembro, a SEAPI em parceria com a SME de Pedro Osório promoveu a premiação do Concurso de Arte, que contou com a presença de autoridades, alunos, professores, e foi sediado na EMEF Getulio Vargas.

Em Arroio Grande, Cerrito, e Pelotas, os temas febre aftosa raiva herbívora, tuberculose, brucelose, inspeção e fiscalização de produtos de origem animal, leptospirose, toxoplasmose, hidatidose, e carrapato foram inseridos nas disciplinas de ciências, português, e educação artística, através dos planos de estudo.  Os municípios parceiros receberam suporte da SEAPI, através de reuniões com equipes diretivas, e equipe pedagógica das SMEs no decorrer do ano, com finalidade de retroalimentação do projeto.

Outras atividades foram realizadas, e a mascote SANITARITO teve participação mais efetiva no corrente ano, com sua presença caracterizada em inúmeros momentos fortalecendo essa parceria, distribuindo prêmios educativos, e levando alegria às crianças. 

Em Pelotas, a SEAPI ainda divulgou informações na mídia, através de programas na Rádio Pelotense (Programa Realidade Rural), Rádio Cultura, e TV Comunitária com esclarecimentos sobre abigeato, fiscalização e controle de trânsito, barreiras, campanha de vacinação sobre a febre aftosa, educação sanitária, e mormo.

Para 2017, já estão programadas novas atividades nos municípios parceiros, entre elas, premiação do concurso de slogan da educação sanitária, que já está em andamento, participação da SEAPI na abertura do ano letivo em Arroio Grande com relançamento do Projeto em Escolas, Seminário de Educação Sanitária em Pelotas, ações conjuntas com DPV, SEMA e UFPEL, além dos encontros de educação sanitária em localidades distintas, e mudança de fase de metodologia nos municípios de Pedro Osório e Jaguarão.  

A educação sanitária se dá pela informação, conhecimento, conscientização, e responsabilidade com fins transformadores. Assim é de suma relevância que crianças, adolescentes, e adultos sejam disseminadores em potencial, e possam assumir seus papéis de cidadãos participativos, e contribuir para efetivação dos direitos fundamentais do ser humano, entre eles, à vida, a educação, e a saúde.


Atenção: Para comentar esse conteúdo é necessário ser cadastrado, faça seu cadastro gratuíto.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink