Em 2020, agro de MS mantém alta das exportações e VBP deve passar de 25%
CI
Imagem: Divulgação
AGRONEGÓCIO

Em 2020, agro de MS mantém alta das exportações e VBP deve passar de 25%

Em ano de pandemia, o setor apresenta um crescimento de R$ 40,6 bilhões para R$ 51 bilhões no VBP

Em um ano marcado pela pandemia da Covid-19, a agropecuária sul-mato-grossense deve apresentar um aumento de 25% em seu VBP (Valor Bruto da Produção), saltando de R$ 40 bilhões registrados em 2019 para R$ 51 bilhões em 2020. De acordo com análise prévia do Departamento Técnico do Sistema Famasul, outro destaque no período foram as exportações do complexo sucroenergético, com crescimento de 353% no volume.

De acordo com o balanço, a agricultura vem puxando a alta do VBP no período, chegando a 37,69% - crescimento de R$ 25,10 bilhões para R$ 34,57 bilhões.

Já nas exportações, o complexo sucroenergético lidera com aumento de 330% na receita – salto de U$ 67 milhões para U$ 289 milhões - e de 353% no volume - de 238 mil toneladas para 1 milhão de toneladas em 2020.  Carne, soja e produtos florestais também puxaram os principais aumentos das exportações.

Novamente, a China se concretiza como o principal destino dos produtos sul-mato-grossenses, apresentando 49% na participação de receita. Em um ano, esse aumento foi de 28,9%.

“Tivemos um ano desafiador em 2020, entretanto, com uma dinâmica engrandecedora no setor. Mato Grosso do Sul é um estado de vocação agropecuária, vem conquistando novos mercados, entregando produtos de qualidade, com uma produção sustentável, tecnificada, e desponta como um dos líderes mundiais no abastecimento de alimentos. Podemos afirmar que encerramos o período com grandes aprendizados e conhecimento técnico para superar as dificuldades e aproveitar as grandes oportunidades que ainda estão por vir”, enfatiza José Pádua, gerente técnico do Sistema Famasul.

MS segue sendo destaque na produção e exportação das principais cadeias do agro brasileiro. É o 2º no ranking nacional em produção e 5º em exportação de carne bovina;  é o 5º maior produtor e 6º em exportação de soja em grãos. Ocupa a 4ª posição como produtor e 3º como exportador de milho. Também figura como o 2º maior produtor e exportador de produtos florestais; o 4º em produção e 6º em exportação de cana-de-açúcar; 7º em produção e o 6º em exportação de carne suína, e o 8º em produção e 5º em exportação da carne de frango.  


Atenção: Para comentar nesta página é necessário realizar o seu cadastro gratuíto ou entrar.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink