Em debate, a cadeia da carne e do leite
CI
Agronegócio

Em debate, a cadeia da carne e do leite

Encontro para discutir os desafios e tendências em carnes e lácteos
Por:
Centenas de profissionais, produtores, clientes e consumidores se encontram nesta semana em Curitiba para discutir os desafios e tendências em carnes e lácteos. Tecnologia, indústria, mercado, políticas públicas, sanidade e segurança alimentar estão entre os temas que serão abordados em palestras, seminários, cursos e mesas redondas com a presença de especialistas do Brasil e do exterior. Eles participam da Tecno Food Brasil – Feira Internacional de Proteína Animal e da Merco Lactea Milk Fair – Feira Internacional de Produtos Lácteos.

O evento vai reunir fabricantes de equipamentos e fornecedores de serviços e tecnologia da indústria frigorífica nacional e internacional e de outras áreas essenciais à promoção do setor. Um dos objetivos dos organizadores é discutir a integração entre os elos da cadeia produtiva, da produção primária ao mercado interno e internacional, como sistemas de produção. Os temas e nomes da programação sugerem um debate sobre a qualidade do produto e do serviço como condição ao desenvolvimento sustentável e ordenado do setor.

Promovidos pela iniciativa privada, tanto o Tecno Food quanto o Milk Fair conferem destaque especial ao Paraná. Não apenas como estado-sede do evento, mas como um dos grandes produtores e exportadores de carnes e lácteos do país. Liderada pela Adapar, a Agência de Defesa Agropecuária do Paraná, a presença do estado na iniciativa traduz a importância e relevância dessas duas cadeias produtivas paranaenses. Do leite ao frango, dos suínos aos bovinos de corte, a pecuária envolve milhares de produtores, abastece milhões de pessoas e gera divisa de milhões de reais e milhões de dólares à economia.

A considerar alguns dos aspectos fundamentais aos sistemas de produção e consumo, a Adapar está à frente de um dos debates mais abrangentes do evento. O seminário Qualidade, mercado e comunicação na cadeia produtiva, coordenado pelo diretor-presidente Inácio Afonso Kroetz, vai tratar de boas práticas na produção (custos e lucratividade), acesso aos mercados, potencial do mercado brasileiro, inspeção de produtos, controle de resíduos e comunicação. Este último, sob a responsabilidade do Agronegócio Gazeta do Povo, que tem defendido e posicionado a comunicação como um dos elos da cadeia produtiva do agronegócio.

A Tecno Food e a Merco Lactea ocorrem de terça a quinta-feira no ExpoTrade Pinhas, Região Metropolitada de Curitiba. O seminário da Adapar com a participação da Gazeta ocorre na quinta-feira no auditório Barreirinha. Outras informações sobre o programa no site www.tecnofoodbrazil.com.br.

Exportações


Aves
As receitas geradas em 2013, com as exportações foram de US$ 7,5 bilhões, um incremento de 3,4%. Paraná e Santa Catarina são os maiores produtores e exportadores de carne de frango do país, com participação acima 50%. As perspectivas para 2014 são de crescimento da produção entre 3% a 5%.

Bovinos
As exportações brasileiras de carne bovina em 2013 foram recordes e alcançaram 1,5 milhão de toneladas com acréscimo de 21% em relação ao ano anterior, sendo que 80% foram de carne in natura e 20% industrializada. As perspectivas são de continuidade do crescimento em 2014, mas em patamar menor que 2013.

Suínos
Os embarques de carne suína em 2013 não foram positivos devido a embargos de alguns países à carne brasileira. Em volume as vendas externas foram de 513 mil toneladas, sendo 11% menores que em 2012. As receitas geradas em 2013, com as exportações foram de US$ 1,35 bilhão, com redução de 9,1%. As expectativas para 2014 são positivas e com possível aumento das exportações e do consumo interno.

Atenção: Para comentar nesta página é necessário realizar o seu cadastro gratuíto ou entrar.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink