Em Marcelino Ramos, roteiro turístico rural Caminhos da Volta Grande encanta em visita piloto

Agronegócio

Em Marcelino Ramos, roteiro turístico rural Caminhos da Volta Grande encanta em visita piloto

Visita ao roteiro turístico rural foi realizada na última sexta-feira (16/12)
Por:
428 acessos

A primeira visita ao roteiro turístico rural Caminhos da Volta Grande em Marcelino Ramos, inicialmente integrado por três propriedades, foi realizada na última sexta-feira (16/12). A visita foi direcionada a um grupo de convidados, integrado por autoridades, empresários, Associação dos Comerciantes e Moradores do Bairro Balneário (Ascobol), lideranças e imprensa. Entre os participantes estavam o prefeito Juliano Zuanazzi, os secretários municipais da Agricultura, Rui Ferri, e do Turismo, Luciano Valmórbida.

A saída para o passeio aconteceu no Balneário das Águas Termais, onde a equipe do Escritório Municipal da Emater/RS-Ascar, integrada pelos extensionistas Ivete Bohm, Antonio Pandolfo e Dalva Salette da Costa, recepcionou o grupo. A extensionista Ivete agradeceu a todos e explicou que o projeto de turismo rural incentivado pela Emater/RS-Ascar, com apoio da Prefeitura e das comunidades, visa integrar-se às demais opções de lazer que o município oferece, como as Águas Termais, o Santuário (Seminário de Nossa Senhora da Salette), o Trem Maria Fumaça, o Quinto Rancho, o Parque Natural Municipal Mata do Rio Uruguai Teixeira Soares, bem como a rede hoteleira. 

?Foi pensando no potencial turístico de Marcelino Ramos e na valorização das propriedades que se destacam pelas belezas naturais que há mais de oito anos incentivamos este projeto. Será uma nova oportunidade de renda para as famílias. O projeto inicia com três famílias, mas poderá agregar outras interessadas e será lançado em 2017?, observa a extensionista Ivete. A iniciativa também visa gerar oportunidades para a permanência das famílias e dos jovens no meio rural, mais renda para o município e mais opções aos visitantes. Na oportunidade, alguns integrantes do grupo, se deslocaram de barco oferecido pelo empresário da Termasa, Robson Dobrowolki. Essa será uma das opções dos visitantes que podem chegar às propriedades de barco pelo lago da Usina Itá ou pela rodovia.

A primeira parada foi na propriedade da família Hoscharuck, onde o grupo foi recepcionado pelo casal Zenaide e Itamar, juntamente com a filha Milene, para um café colonial, preparado com produtos caseiros. Num ambiente com flores e horto medicinal, a família mostrou a potencialidade da propriedade. A previsão é de que no local seja oferecido café colonial e disponibilizado produtos como queijos, shimmies, pães, cucas e bolachas, entre muitos.

Na sequência, o grupo foi recepcionado pelo casal Airton e Leonice Mützemberg, com o ?roteiro Paraiso Secreto?. A beleza da propriedade, com jardins, flores e até uma cachoeira, já é o cartão de visita.

O roteiro foi concluído na propriedade da família de Sueli Weckwerth, de 76 anos, conduzida pelo filho Carlos, com almoço à base de tilápias, criadas num açude na propriedade, sendo este um dos atrativos que será oferecido na local, onde o turista também poderá pescar. Na oportunidade, estavam presentes na propriedade representantes de quatro gerações da família.

No final do passeio, todos receberam um questionário para avaliação desta visita piloto. Numa avaliação geral, todos enalteceram o projeto, destacando a parceria entre as entidades, elogiando muito as propriedades, bem como a peculiaridade de cada uma, ressaltando a potencialidade natural e econômica, e se colocando à disposição para ajudar na divulgação. 


Atenção: Para comentar esse conteúdo é necessário ser cadastrado, faça seu cadastro gratuíto.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink