Em São Paulo, após 99 dias de estabilidade, cai o preço do frango vivo

Agronegócio

Em São Paulo, após 99 dias de estabilidade, cai o preço do frango vivo

O frango vivo negociado no interior paulista sofreu baixa de cinco centavos, sendo comercializado por R$3,05/kg
Por:
387 acessos

Quinta-feira (8), mesma data em que chegaria ao seu centésimo dia sem qualquer alteração no preço de referência, o frango vivo negociado no interior paulista sofreu baixa de cinco centavos, sendo comercializado por R$3,05/kg. O movimento surpreende visto ocorrer naquele que, teoricamente, é o momento de maior demanda do ano e, portanto, de valorização do produto. Mas o retrocesso, tudo indica, tem explicação: está sendo ocasionado, principalmente, por empresas integradas que, sem obter a aguardada resposta na demanda do frango abatido, desovam no mercado independente aves vivas que excedam sua programação de abate. 

Tal tese é corroborada pelo fraco desempenho do frango abatido no mercado atacadista da cidade de São Paulo neste início de mês. Pois, transcorridos os oito primeiros dias de dezembro, o produto (base: ave resfriada no Grande Atacado) alcança o menor valor dos últimos cinco meses (comparação com o mesmo período de agosto, setembro, outubro e novembro).  Quer dizer: ou o varejo está hiper estocado com produto concorrente (não sobrando, no momento, espaço para o frango) ou, então, o consumo final caminha bem pior do que se imagina. Porque, da parte do setor produtivo, é pouco provável que esteja havendo aumento na oferta.

Curiosamente, ao contrário de vezes anteriores, Minas Gerais demonstra comportamento oposto. Seu preço, é verdade, permanece o mesmo há 102 dias. Mas já não são realizados negócios por valor inferior a R$3,30/kg, pois agora o mercado é firme e com tendência de alta. Bem diferente do que acontece em São Paulo onde, a despeito da redução de ontem, continuam ocorrendo vendas por valores inferiores aos de referência.


Atenção: Para comentar esse conteúdo é necessário ser cadastrado, faça seu cadastro gratuíto.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink