Emater apresenta importância de pulses para Goiás

Agronegócio

Emater apresenta importância de pulses para Goiás

Leguminosas são próprias para o consumo humano e apresentam série de vantagens
Por:
353 acessos

Apesar de pouco conhecido popularmente, o termo pulse conquistou a atenção dos participantes do Simpósio “Sustentabilidade na Produção das Leguminosas de Grãos Alimentícios no Brasil”. O evento realizado na última sexta-feira (7/10) pela Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária (Embrapa) Unidade Arroz e Feijão contou com a parceria da Agência Goiana de Inovação Rural, Assistência Técnica e Extensão Agropecuária (Emater).

O encontro teve como objetivo celebrar o Ano Internacional das Leguminosas – 2016 definido pela Organização das Nações Unidas para Alimentação e Agricultura (FAO). A iniciativa visa estimular políticas públicas que conscientizem a população sobre a importância das leguminosas para o desenvolvimento da agricultura de forma sustentável e como importante fonte de proteína para alimentação humana.

Os pulses são tipos de grãos que integram a categoria das leguminosas e são apropriados ao consumo humano. Como exemplo dessas variedades está o feijão, a ervilha e o grão de bico.

Vantagens

Além das definições que permeiam o termo pulse, os palestrantes reiteraram as vantagens ocasionadas pela produção das leguminosas apropriadas ao consumo humano. As exposições foram sobre a importância social das leguminosas, suas relações com a segurança alimentar, as contribuições econômicas, inclusive na área de pesquisa e os trabalhos realizados pelo Grupo Técnico de Feijão (GTEC- Feijão) da Embrapa.

O presidente da Emater, Pedro Arraes, realizou palestra durante o evento. Para Arraes, que é engenheiro agrônomo, essas leguminosas são partes fundamentais do processo de rotação da cultura, que é uma prática sustentável de manejo no setor agrícola. Outro ponto destacado pelo presidente foi o grande potencial demonstrado pelos pulses na fixação biológica de nitrogênio, que ocasiona a diminuição das aplicações de adubos nitrogenados.

Segurança alimentar

Durante sua apresentação, o representante da FAO no Brasil, Gustavo Chianca, enfatizou os gargalos que enfrentam a segurança alimentar em nível mundial. Segundo Gustavo as mudanças climáticas, o desperdício de alimentos e os índices crescentes na obesidade impactam na oferta segura de mantimentos.

Outro ponto ressaltado pelo representante é o potencial alimentar dos pulses. Segundo Gustavo, cerca de 795 milhões de pessoas passam fome no mundo. Uma em cada nove pessoas sofre da fome crônica, quando não há nenhum tipo de fonte alimentar. “As leguminosas são uma saída para essa crise alimentar, pois apresentam ciclo rápido, são ricas em proteína e não demandam grandes áreas para sua produção”, expôs Chianca.

Nichos de mercado

“É importante analisar como podemos implantar os pulses nas propriedades de pequeno porte e esse é o trabalho da Emater”. A afirmação feita pelo presidente da Emater, durante o Simpósio, marcou os aspectos sociais ligados à produção de leguminosas. Para Pedro Arraes, é necessário investir em pesquisas na área de grãos próprios para o consumo humano com base em avaliações dos potenciais nichos de mercado em Goiás.

Aspectos Culturais

Ainda segundo Pedro Arraes, outro ponto que deve ser levado em consideração são os aspectos culturais das regiões goianas. Para o presidente, é necessário oferecer variedades que se adaptem a cada local em Goiás. “Temos que lembrar que o nosso foco é o produtor rural. Na extensão rural, lidamos com a manutenção da propriedade, e por tal motivo as mudanças devem ser gradativas e baseadas em critérios científicos e mercadológicos. Informações sobre novas formas de produção que não sejam sustentáveis podem inviabilizar a atividade do produtor rural em dimensões futuras”, pontuou Arraes.


Atenção: Para comentar esse conteúdo é necessário ser cadastrado, faça seu cadastro gratuíto.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink