Emater distribui alimentos de horta comunitária a famílias vulneráveis em Mozarlândia-GO
CI
Imagem: Divulgação
DOAÇÃO

Emater distribui alimentos de horta comunitária a famílias vulneráveis em Mozarlândia-GO

Emater coordena força-tarefa que inclui produção das verduras, colheita e distribuição
Por:

Famílias em situação de vulnerabilidade social estão recebendo alimentos produzidos em uma horta comunitária coordenada pela Agência Goiana de Assistência Técnica, Extensão Rural e Pesquisa Agropecuária (Emater), em Mozarlândia, município da Região Norte de Goiás. A ação é executada em parceria com a Prefeitura Municipal, por meio da Secretaria de Planejamento e Meio Ambiente.

O projeto teve início em setembro de 2021, quando a Emater apresentou a proposta e a Prefeitura de Mozarlândia cedeu uma área pública para a implantação da horta. Segundo a extensionista da entidade, Amanda Francine de Carvalho, a Emater é responsável pela assistência técnica e orientações de cultivo para manutenção do espaço.

“Tivemos a ideia de doar os alimentos devido ao crescimento de famílias carentes durante a pandemia de Covid-19. Sentimos a necessidade de oferecer uma alimentação mais completa para crianças, idosos e todos dependentes que se encontram em condições vulneráveis”, conta a profissional.

Inicialmente, três creches, um abrigo para idosos e uma escola foram beneficiados com as doações e repassaram os itens aos assistidos. As próximas entregas serão destinadas a famílias atendidas pelo Centro de Referência da Assistência Social (CRAS) de Mozarlândia.

A força-tarefa é completa, partindo da produção das verduras e legumes, passando pela colheita e finalizando na distribuição. O time é integrado por Amanda Francine e Nara Cristina, técnicas da Emater; Estela Maria, coordenadora do Viveiro Municipal; e Gabriel Calaça e Leonardo Fonseca, ambos colaboradores da prefeitura.

“Esse trabalho é de suma importância dado o resultado filantrópico, gerando entre a população o sentimento de empatia com as famílias que precisam”, pontua Amanda. “Além de levarmos alimentação saudável em dias difíceis, envolvemos todo o poder administrativo e a comunidade em um bem social único”, completa.


Atenção: Para comentar nesta página é necessário realizar o seu cadastro gratuíto ou entrar.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink

Usamos cookies para armazenar informações sobre como você usa o site para tornar sua experiência personalizada. Leia os nossos Termos de Uso e a Privacidade.