Emater é destaque no Congresso Brasileiro de Tomate

Agronegócio

Emater é destaque no Congresso Brasileiro de Tomate

A retomada da assistência técnica e pesquisa para o fortalecimento da produção e da qualidade do produto vão garantir uma nova dinâmica na cadeia de produção no Estado
Por:
804 acessos
O presidente da Emater, Paulo Martins, ressaltou durante o IV Congresso Brasileiro de Tomate Industrial e II Seminário Nacional de Tomate de Mesa Eficiência - Competitividade e Qualidade o papel da empresa para Goiás. A retomada da assistência técnica e pesquisa para o fortalecimento da produção e da qualidade do produto vão garantir uma nova dinâmica na cadeia de produção no Estado.

O Brasil hoje é o 5º maior produtor mundial de tomate industrial, e Goiás é responsável por 70 % de toda essa produção. Conforme lembrou o secretário da Agricultura, Leonardo Veloso, a previsão de produção para a próxima safra está estimada em 1,6 milhão de toneladas de tomate. As condições climáticas e a água de boa qualidade favorecem esse potencial goiano.

Paulo Martins ressaltou que o Governo de Goiás obteve sucesso na recriação da Emater. “Com ela, levaremos assistência técnica e pesquisa para o fortalecimento da produção e da qualidade do produto no Estado. Com essa união, a cadeia é fortalecida entre todas as partes”, destacou, acrescentando que a Empresa faz parte de todo o processo produtivo.

O Congresso

O evento visa oferecer soluções ao público interessado neste crescente mercado, além de ser um dos mais importantes do agronegócio brasileiro por integrar representantes dos segmentos da produção, da indústria, do comércio, da distribuição, da pesquisa, do ensino, da extensão e da Legislação. Durante todo o encontro o visitante poderá conferir as palestras, conhecer estandes e participar de minicursos.

O Congresso conta com a parceria da Federação da Agricultura e Pecuária de Goiás - Faeg, Universidade Federal de Goiás - UFG, Embrapa Hortaliças, Associação Brasileira de Horticultura - ABH, Seagro, Emater, entre outras entidades. Destaque da programação 2010 é o Painel Latino Americano de Tomate Industrial com convidados da Argentina, República Dominicana e outros países da América Latina. Os minicursos oferecidos este ano foram: Tecnologia de aplicação de agrotóxicos, Cálculo de calagem e adubação, Produção integrada do tomate de mesa e Quando e quanto irrigar.
Atenção: Para comentar esse conteúdo é necessário ser cadastrado, faça seu cadastro gratuíto.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink