Emater inicia capacitação de técnicos para recuperação de Ribeirões João Leite e Piancó

Agronegócio

Emater inicia capacitação de técnicos para recuperação de Ribeirões João Leite e Piancó

Servidores foram contratados por meio de convênio com a Saneago
Por:
971 acessos

A Agência Goiana de Assistência Técnica, Extensão Rural e Pesquisa Agropecuária (Emater) iniciou atividades de capacitação com seis técnicos disponibilizados pela parceria com a Empresa de Saneamento Básico de Goiás (Saneago). Os novos servidores irão trabalhar na execução dos projetos de preservação dos Ribeirões Piancó e João Leite, na metodologia da Rede de Inovação Rural. 

Entre os dias 17 e 20/10, os técnicos visitaram o Ribeirão Piancó, em Anápolis, e foram apresentados aos projetos envolvendo a preservação e conservação das águas na região. Além disto, os servidores percorreram cinco propriedades localizadas próxima a bacia do Ribeirão João Leite, em Ouro Verde e detectaram os problemas ambientais dos locais.

De acordo com o engenheiro agrônomo da Emater, Pedro Américo Carneiro, durante a etapa inicial da capacitação foi proposto aos técnicos que se reunissem para a elaboração de projeto. Os trabalhos devem ter como objetivo buscar recursos para construção de unidades demonstrativas de fossas sépticas biodigestoras no Ribeirão Piancó.  A proposta busca evitar a contaminação dos lençóis freáticos pelos dejetos lançados em fossas abertas ao ar livre. 

A respeito dos treinamentos, Pedro Américo destacou que os técnicos irão retornar a Anápolis para continuar as atividades em campo. Uma nova capacitação também será oferecida aos servidores no Centro de Inovação Rural (Centrer), entre os dias 7 e 12 de novembro. 

Ainda segundo Pedro Américo, a proposta é prioridade da Emater, e em função disto, serão oferecidos treinamentos rápidos para que os técnicos iniciem os trabalhos no campo o mais breve possível. 

Expectativas

Para a técnica agrícola do convênio entre Saneago e Emater, Karen Alves Celestrino, as expectativas são altas. De acordo com a servidora, “as propostas apresentadas atenderão ao produtor rural, à sociedade como um todo, e principalmente ao meio ambiente, que é o foco dos projetos na melhoria da qualidade da água”. 

Em relação a equipe de trabalho, o técnico agropecuário do convênio Saneago e Emater João Ulisses Tavares de Araújo se mostrou otimista e destacou que, com a equipe de trabalho que está sendo montada, objetivos maiores do que os propostos pelos projetos podem ser alcançados.  

O servidor pontuou ainda que os trabalhos realizados pelo convênio irão ajudar o produtor nas melhorias das condições de saúde e vida, além de melhorar as propriedades. 
 
Rede de Inovação Rural

A Rede de Inovação Rural é uma nova metodologia de extensão rural que leva em conta a gestão da propriedade junto às famílias, comunidades e organizações rurais, e visa a emancipação dos produtores. Este modelo de assessoramento prioriza a realização de parcerias público-privadas com agricultores e outras entidades com o objetivo de ampliar o acesso à assistência técnica e extensão rural.


Atenção: Para comentar esse conteúdo é necessário ser cadastrado, faça seu cadastro gratuíto.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink