Emater promove Ser Natureza em Professor Jamil

Agronegócio

Emater promove Ser Natureza em Professor Jamil

Entre as ações desenvolvidas pela entidade no último dia 25 de novembro, estiveram curvas de nível, cercamentos e terrações
Por:
824 acessos

Para integrar as ações do Projeto Ser Natureza, que visa a recuperação e a conservação de nascentes degradadas, a Agência Goiana de Assistência Técnica, Extensão Rural e Pesquisa Agropecuária (Emater) aplicou técnicas de conservação de nascentes na propriedade rural Ribeirão, em Professor Jamil. Entre as ações desenvolvidas pela entidade no último dia 25 de novembro (sexta-feira), estiveram curvas de nível, cercamentos e terrações.

Segundo o responsável pela Unidade Local da Emater em Buriti Alegre, Joaquim Roberto Naves Guimarães, as chuvas intensificaram a degradação da nascente que contempla cerca de 2 hectares. “Nós tivemos de fazer curvas de nível em torno da nascente para fixar a água no local”, explicou o supervisor.

Aprovação

Segundo o proprietário da fazenda Ribeirão, Augusto Zacharias Gontijo, a nascente passava por um processo natural de degradação e sofria com processos de assoreamento.

Para o produtor rural, a iniciativa foi vista com bons olhos e demonstra a necessidade da preservação ambiental. “É uma prática necessária que visa o futuro e não somente o presente. Por tal motivo essa parceria entre os produtores rurais e as entidades do setor são indispensáveis”, ressaltou Zacharias.

Parcerias

O Projeto Ser Natureza é realizado pelo Ministério Público de Goiás (MP/GO) em parceria com a Emater e a Companhia de Saneamento de Goiás (Saneago).


Atenção: Para comentar esse conteúdo é necessário ser cadastrado, faça seu cadastro gratuíto.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink