Emater promove setor agropecuário em Niquelândia

Agronegócio

Emater promove setor agropecuário em Niquelândia

O objetivo do encontro foi alinhar ações para o desenvolvimento econômico de Niquelândia
Por:
669 acessos

Na última sexta-feira (02/12) a Agência Goiana de Assistência Técnica, Extensão Rural e Pesquisa Agropecuária (Emater) integrou uma reunião com demais representantes do setor agropecuário que participam do Fórum do Agronegócio do município. O objetivo do encontro foi alinhar ações para o desenvolvimento econômico de Niquelândia, que sofreu uma recente desaceleração após a interrupção das atividades da empresa Votorantim Metais, anunciada em janeiro deste ano.

Os representantes que integram o grupo discutiram quatro atividades potenciais para o município. Dentre elas estavam bovinocultura de corte,  apicultura e piscicultura. Em outro momento, as entidades estiveram reunidas para traçar metas para o Plano Estratégico Econômico com foco na redução de impactos dos serviços interrompidos pelo grupo.

Segundo o diretor de Assistência Técnica e Extensão Rural da Emater, Antelmo Teixeira Alves, produtores rurais não sofreram conseqüências diretas e grandiosas com os 3 mil postos de trabalho desocupados. “Todos os setores foram afetados indiretamente porque a interrupção dos serviços influenciou na desaceleração da economia do município, porém o setor agrícola se manteve firme e têm atuado como uma solução para a diminuição dos efeitos à economia na região” ressaltou o diretor.

Assistência técnica

Ainda segundo Antelmo Teixeira, a Emater apresentou aos participantes da reunião o retorno dos serviços aplicados pela entidade. “Foram cerca de R$ 3 milhões insistidos no município desde janeiro deste ano por meio de projetos de crédito rural executados pela Agência”, expôs o diretor.

Nesse período cerca de 90 produtores rurais, com enquadramento no Programa Nacional de Fortalecimento da Agricultura Familiar (Pronaf), foram assistidos pela entidade,  e 103 projetos elaboradores na área de liberação de crédito rural, por meio da parceria com o Banco do Brasil.

De acordo com o diretor, a Emater sugeriu à prefeitura uma parceria para a concretização de assistência técnica por meio da  disponibilização de novos técnicos, para a prestação da assistência aos produtores rurais. “Foram várias ações propostas pelos representantes das entidades. Durante a reunião sugerimos a viabilização de novos profissionais visto que o setor atua hoje como uma potencialidade econômica da região”, reiterou Antelmo.

Parceria

Outro ponto abordado pelo diretor foi a implantação da nova metodologia Rede de Inovação Rural no município de Niquelândia. Atualmente, a Emater conta com 36 Unidades-Piloto da nova metodologia e, durante a reunião, sugeriu-se que o município se tornasse o próximo a instalar a Rede de Inovação. Esse modelo de assistência técnica contínua e qualificada, busca promover a emancipação econômica e melhorias na qualidade de vida do produtor rural.


Atenção: Para comentar esse conteúdo é necessário ser cadastrado, faça seu cadastro gratuíto.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink