Emater/RS-Ascar e parceiros analisam implantação de biodigestor em Parobé

Agronegócio

Emater/RS-Ascar e parceiros analisam implantação de biodigestor em Parobé

O biogás é utilizado pela família em fogareiros e fogões na residência e agroindústria
Por:
413 acessos

Nesta quinta-feira (22/12) ocorreu uma reunião na propriedade do agricultor Alberto Daniel Schirmer, em Parobé, com integrantes da Emater/RS-Ascar, Empresa Energias da Natureza e Feevale, para analisar as formas de destinação adequada e aproveitamento dos resíduos orgânicos da Agroindústria Sítio do Peixe.

Alberto usa os resíduos em um biodigestor instalado de forma experimental, que está gerando biogás e fertilizante orgânico. O biogás é utilizado pela família em fogareiros e fogões na residência e agroindústria. O fertilizante é resultante do processo de fermentação e é utilizado nas lavouras e pastagens da propriedade.

Com a perspectiva de ampliação do abate pela agroindústria o grupo analisou a possibilidade da construção de um biodigestor com maior porte, visando também a utilização do biogás em um gerador para produção de energia elétrica. Este processo será acompanhado pelas instituições presentes na reunião e consta no Programa Gestão Rural Sustentável da Emater/RS-Ascar. 

Participaram do encontro o assistente técnico estadual da Emater/RS-Ascar, Ari Uriarti, o coordenador de Pesquisa da Feevale, Fernando Spilk, os assistentes técnicos regionais da Emater/RS-Ascar, Luís Bohn e Carlos Roberto Vieira da Cunha, o representante da empresa Energias da Natureza, André Reck, além do supervisor da Emater/RS-Ascar, Nelson Baldasso e dos extensionistas da Emater/RS-Ascar de Taquara, Fernando Abreu de Campos, de Parobé, Veridiane Coelho e de Rolante, Maria Rosane Renck. 

A Agroindústria Sítio do Peixe foi inaugurada em 10 de dezembro de 2015 e fica na localidade de Santa Cristina do Pinhal. A família passou dez anos vendendo peixe in natura e só em 2015 conseguiu investir e regularizar a agroindústria onde eles processam, atualmente, 700 quilos de produtos processados de peixe por mês. 


Atenção: Para comentar esse conteúdo é necessário ser cadastrado, faça seu cadastro gratuíto.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink