Embarques de frango retrocedem ao menor volume dos últimos sete meses

Frango

Embarques de frango retrocedem ao menor volume dos últimos sete meses

Embarques de carne de frango in natura voltaram a recuar,
Por:
76 acessos

Uma vez que na última semana de janeiro (quatro dias úteis) os embarques de carne de frango in natura voltaram a recuar, o total exportado no mês ficou ligeiramente aquém (-1,2%) do volume sinalizado pelo AviSite há menos de uma semana.

Em síntese, o volume do primeiro mês de 2019 ficou resumido a 260.679 toneladas, resultado que significou dupla redução: de pouco mais de 20% sobre as 326.539 toneladas de dezembro passado; e de, praticamente, 15% sobre as 305.839 toneladas de janeiro de 2018. Foi, também, o mais fraco resultado observado desde julho do ano passado. 

O recuo estendeu-se ao preço recebido, mas neste caso só em relação ao mês anterior. Pois o valor apontado pela SECEX/MDIC, de US$1.563,14/tonelada representou queda de 2,3% sobre os US$1.599,86/tonelada registrados em dezembro passado. Já em comparação a janeiro de 2018, quando o preço médio ficou em US$1.524,48/tonelada, houve aumento de 2,54%.

Porém, nem esse ganho impediu que a receita cambial do mês retrocedesse em relação a janeiro do ano passado: de pouco mais de US$407 milhões, ela recuou 12,6% em relação aos US$466,2 milhões registrados há um ano. Bem maior, no entanto, foi o índice de queda observado na comparação com dezembro de 2018 (US$522,415 milhões): 22% a menos.


Atenção: Para comentar esse conteúdo é necessário ser cadastrado, faça seu cadastro gratuíto.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink