Embrapa Amapá retorna ao teletrabalho de 1º a 15 de fevereiro
CI
Imagem: Pixabay
COVID-19

Embrapa Amapá retorna ao teletrabalho de 1º a 15 de fevereiro

A Embrapa Amapá comunica o retorno do expediente em escala de revezamento e teletrabalho
Por:

Visando garantir a saúde dos empregados, colaboradores, familiares e sociedade em geral, frente ao aumento no número de casos de Covid-19 no estado do Amapá, a Embrapa Amapá comunica o retorno, em caráter excepcional e temporário, do expediente em escala de revezamento e teletrabalho no período de 1º a 15 de fevereiro de 2022.

Entre as medidas adotadas está suspensa a realização, pela Embrapa Amapá e a participação de seus empregados em eventos presenciais (treinamentos, feiras, exposições, convenções, entre outros), exceto se necessárias para o cumprimento de atividades imprescindíveis, sob o ponto de vista técnico-administrativo, com devida autorização da chefia geral. Ainda neste período de 1º a 15 de fevereiro de 2022, fica suspenso o recebimento de visitas de grupos externos ou missões nacionais e internacionais, exceto aquelas aprovadas pela chefia geral.

Com relação às equipes de revezamento, que cumprem serviços essenciais, as medidas e condições deverão ser mantidas nas atividades presenciais, como o distanciamento social mínimo de 1,5 metro, o uso de máscaras e a higiene necessárias como lavar as mãos, quando não possível o uso de álcool 70% para prevenção e redução de riscos de contágio e propagação do vírus SARS-CoV-2 (Coronavírus).

As viagens em veículos da Embrapa, para serviços essenciais, deverão ser realizadas seguindo rigorosamente o protocolo. Não deverá ocorrer viagens de empregados que tenham suspeita ou confirmação de Covid-19; deve ser disponibilizado dispensador de álcool com concentração de 70%; deve ser dada preferência para a ventilação natural dentro dos veículos, deixando as janelas abertas, quando possível, evitar a utilização de ar-condicionado interno; sempre que for possível, considerar a viabilidade devido ao número de passageiros;

De acordo com o chefe-administrativo, Izaque Pinheiro, estas medidas foram adotadas pelo Comitê Local de Monitoramento e Prevenção do Coronavírus da Embrapa, com o objetivo de preservar a saúde de todos, sendo imperativo o cumprimento e adoção das regras, a fim de que esta situação se resolva o mais breve, e possibilite o retorno integral do trabalho presencial na Embrapa Amapá. 


Atenção: Para comentar nesta página é necessário realizar o seu cadastro gratuíto ou entrar.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink

Usamos cookies para armazenar informações sobre como você usa o site para tornar sua experiência personalizada. Leia os nossos Termos de Uso e a Privacidade.