Embrapa Clima Temperado de Pelotas (RS) mostra pesquisa na França


Agronegócio

Embrapa Clima Temperado de Pelotas (RS) mostra pesquisa na França

Por: -Admin
7 acessos

Será apresentado mês que vem na França um novo método que reduz em pelo menos cinco anos o tempo de pesquisa em espécies como pessegueiro ou pereira. A metodologia de ramos enxertados desenvolvida pela Embrapa apresenta entre suas vantagens o aperfeiçoamento do zoneamento agroclimático e o estudo de compatibilidade do porta-enxerto.

O trabalho vem sendo desenvolvido desde 2002 pela equipe do pesquisador Flávio Herter, da Embrapa Clima Temperado, em Pelotas (RS). Um dos mais interessantes resultados é que no sistema convencional é preciso esperar, dependendo da espécie, até seis anos para verificar qual a necessidade de frio das variedades ou material genético em fase de pesquisa. Com o projeto, esse período cai para um ano. A técnica propõe a substituição de plantas adultas por ramos de produção. Estão em estudo cultivares de pessegueiro indicadas para a indústria.


Atenção: Para comentar nesta página é necessário realizar o seu cadastro gratuíto ou entrar.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink