Embrapa coopera com Suriname para desenvolver agroenergia

Agronegócio

Embrapa coopera com Suriname para desenvolver agroenergia

Atividade faz parte de uma série de ações para apoiar o desenvolvimento da agroenergia no país vizinho
Por:
1420 acessos
Nesta semana (8 a 12), o pesquisador Marcelo Aguiar, da Embrapa Tabuleiros Costeiros (Aracaju, SE), participa de missão de cooperação com o Suriname para o desenvolvimento de um programa de biocombustíveis no país a partir da cultura da cana-de-açúcar.

Resultado de acordo para cooperação técnica firmado em 2009 entre os governos do Brasil e Suriname, a atividade faz parte de uma série de ações para apoiar o desenvolvimento da agroenergia no país vizinho.

Estudos, capacitações técnicas e atividades de transferência de tecnologia estão sendo feitas por pesquisadores da Embrapa não apenas com cana-de-açúcar, mas também com alternativas oleaginosas como mamona, girassol, amendoim e gergelim.

O acordo firmado prevê 18 meses para a execução de todas as ações, que incluem, ainda, diagnósticos de culturas, experiências de campo e avaliação de viabilidade e de cenários, além de visitas de técnicos surinameses para capacitação no Brasil.

A visita de Marcelo Aguiar, pesquisador que atua na Unidade de Execução de Pesquisas da Embrapa Tabuleiros Costeiros em Rio Largo, AL, tem início no Centro de Pesquisa em Agricultura do Suriname (Celos), na capital do país, Paramaribo.

A Agência Brasileira de Cooperação (ABC), vinculada ao Ministério das Relações Exteriores, é responsável pela coordenação das ações de cooperação. A execução das atividades técnicas fica a cargo da Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária – Embrapa, vinculada ao Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento.

As informações são da assessoria de imprensa da Embrapa Tabuleiros Costeiros (Aracaju, SE).
Atenção: Para comentar esse conteúdo é necessário ser cadastrado, faça seu cadastro gratuíto.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink