Embrapa e IDR-PR realizarão Giro Técnico da Soja em 16 municípios do Paraná
CI
Imagem: Divulgação
EVENTO

Embrapa e IDR-PR realizarão Giro Técnico da Soja em 16 municípios do Paraná

Nos eventos debaterão os resultados positivos da adoção de boas práticas agrícolas no Estado
Por:

Entre 29 de novembro e 10 de dezembro, a Embrapa Soja e o Instituto de Desenvolvimento Rural (IDR-Paraná) promoverão o Giro Técnico da Soja - Safra 2021/2022, eventos a serem realizados em 16 cidades do Paraná para debater os resultados positivos da adoção de boas práticas agrícolas no Estado. Os eventos serão conduzidos por pesquisadores da Embrapa e extensionistas do IDR para a assistência técnica, lideranças locais e produtores de cada região produtora. 

Entre as temáticas a serem debatidas estão: Manejo integrado de Pragas- MIP; Manejo integrado de Solos (MID) Boas práticas para inoculação e coinoculação em soja e também o Manejo de Solos e Água. Os pilares dessa iniciativa são a busca por maior rentabilidade e promoção de práticas sustentáveis em uma rede que busca integrar os produtores e difundir tecnologias, por meio de apresentação de resultados obtidos em Unidades de Referência, (URs), instaladas em áreas de agricultores. 

“Esse formato de evento entre Embrapa e IDR-Paraná (antiga Emater-PR) ocorre desde 2013 e busca mostrar os benefícios do manejo integrado de pragas, doenças e plantas daninhas e a aplicação de defensivos no melhor momento, trazendo economia e ganhos ambientais. A adoção da coinoculação traz aumento de produtividade para a soja e o manejo adequado solo impacta positivamente todo sistema produtivo”, explica o pesquisador André Prando, da Embrapa Soja.

Segundo o coordenador do Programa Grãos, Edivan José Possamai, do IDR-Paraná, o Giro Técnico é uma oportunidade de aproximar a pesquisa, extensão e produtores, discutindo os principais temas ligado a produção de soja no Paraná com base em tecnologias pesquisadas e validadas. “Os resultados históricos do programa podem contribuir com duas questões muito discutidas na atualidade, que é o aumento nos custos dos insumos e a sua falta, onde o manejo integrado de pragas, doenças, dentre outras, tem possibilitado a racionalização do uso dos insumos”, destaca Possomai. “A outra refere-se a crescente preocupação de agricultores e da sociedade em geral sobre os impactos ambientais da produção de soja, sendo que os resultados demonstram a possibilidade de menor uso de agrotóxicos”, conclui.

Como participar - Agricultores e técnicos interessados em participar dos eventos podem obter mais informação nos escritórios do IDR Paraná do seu município.


Atenção: Para comentar nesta página é necessário realizar o seu cadastro gratuíto ou entrar.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink

Usamos cookies para armazenar informações sobre como você usa o site para tornar sua experiência personalizada. Leia os nossos Termos de Uso e a Privacidade.