Embrapa e parceiros discutem cultivo de banana orgânica

Agronegócio

Embrapa e parceiros discutem cultivo de banana orgânica

A busca por alimentos saudáveis de produção ecologicamente correta (sem agrotóxicos) tem influenciado na mudança dos sistemas de cultivo de plantas em todo o mundo
Por: -Janice
189 acessos

Nos dias 21 e 22 de julho, representantes dos segmentos da cadeia produtiva de banana participam, na Embrapa Mandioca e Fruticultura Tropical (Cruz das Almas – BA), de uma reunião técnica visando elaborar um sistema de produção orgânica para a cultura. Organizado pelo Núcleo de Agroecossistemas e Sustentabilidade do Espaço Rural (Naser) da Embrapa, o evento é dirigido a agricultores, extensionistas e pesquisadores.

A busca por alimentos saudáveis de produção ecologicamente correta (sem agrotóxicos) tem influenciado na mudança dos sistemas de cultivo de plantas em todo o mundo. A sustentabilidade econômica e ecológica, a maximização dos benefícios sociais e a minimização da dependência de energia não-renovável são as principais características deste tipo de produção. “Por restituir grande quantidade de fitomassa ao solo, a bananicultura já é considerada um cultivo sustentável”, explica Ana Lúcia Borges, pesquisadora da Embrapa.

A área cultivada com banana no Brasil é em torno de 515 mil hectares, mas não há dados disponíveis quanto à área cultivada sob manejo orgânico. “Em todos os polos de produção de banana, existem áreas sob cultivo orgânico com os mais diversos manejos, porém falta uma sistematização das práticas adotadas”, afirma Zilton Cordeiro, gestor do Naser e pesquisador da Embrapa. O produtor orgânico deve atender à Instrução Normativa nº 64, de 18 de dezembro de 2008, referente aos sistemas orgânicos de produção animal e vegetal.

Depois de discutir as propostas de elaboração do sistema de produção, o grupo de estudo vai compatibilizar as informações para formatação do documento. As informações são da assessoria de imprensa da Embrapa Mandioca e Fruticultura Tropical.


Atenção: Para comentar esse conteúdo é necessário ser cadastrado, faça seu cadastro gratuíto.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink