Embrapa Florestas leva ciência ao Festival Sabores do Pinhão
CI
Evento

Embrapa Florestas leva ciência ao Festival Sabores do Pinhão

Embrapa é uma das organizadoras dessa edição do evento, que acontece pela primeira vez no hemisfério sul e cujas inscrições continuam abertas
Por:

O uso adequado do fósforo na agricultura estará no centro dos debates científicos entre os dias 20 e 22 de agosto, em Brasília (DF), durante o VI Encontro Sustentável do Fósforo (SPS2018), fórum de âmbito mundial. A Embrapa é uma das organizadoras dessa edição do evento, que acontece pela primeira vez no hemisfério sul e cujas inscrições continuam abertas.

Um recente estudo publicado por pesquisadores da Embrapa Solos (RJ) e de outras instituições brasileiras revelou que quase metade do fósforo aplicado na agricultura em forma de fertilizante inorgânico nos últimos 50 anos no Brasil continua fixada no solo. Esse legado, que representa 22,8 milhões de toneladas do insumo ainda na terra, avaliados hoje em mais de U$ 40 bilhões, pode ajudar o Brasil a se precaver contra uma possível escassez futura do nutriente ou variações no preço. Em 2008, por exemplo, o valor de mercado da rocha de fosfato aumentou 800% em um período de 18 meses.

“Pretendemos mostrar um cenário mais realista do uso do fósforo no Brasil para o mundo”, revela Vinicius Benites, chefe-adjunto de P&D da Embrapa Solos. O SPS 2018 também discutirá os cenários na Ásia, África e Pacífico, com enfoque nos desafios e oportunidades dessas regiões.

Entre os palestrantes já confirmados estão Tom Bruulsema, do International Plant Nutrition Institute (IPNI), no Canadá; Per-Erik Mellander, do Johnstown Castle Environmental Research Centre (Teagasc), na Irlanda; e Dana Cordell, do Institute for Sustainable Futures (UTS), da Austrália.

Os encontros para discutir o uso sustentável do fósforo começaram em 2010, na Suécia. Os demais fóruns foram realizados nos Estados Unidos (2011), na Austrália (2012), na França (2014) e na China (2016). A edição brasileira reunirá várias lideranças da ciência, indústria e política, buscando identificar ações a respeito da disponibilidade e acessibilidade do nutriente na segurança alimentar e agricultura, protegendo o meio ambiente e apoiando a vida urbana e no campo.


Atenção: Para comentar nesta página é necessário realizar o seu cadastro gratuíto ou entrar.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink