Embrapa participa do maior evento do agronegócio em Minas

Agronegócio

Embrapa participa do maior evento do agronegócio em Minas

Até o próximo domingo, a capital mineira é palco da SuperAgro 2009
Por: -Renata
501 acessos

Até o próximo domingo, a capital mineira é palco da SuperAgro 2009, feira que reúne 260 expositores, sendo 90 da Exposição Estadual Agropecuária e 170 da Expocachaça (12a Feira e Festival Internacional da Cachaça).

Os diversos segmentos do agronegócio mineiro reúnem-se durante a SuperAgro, que engloba vários eventos simultâneos. Além da Exposição Agropecuária e da Expocachaça, ocorrem também no pavilhão do Expominas os congressos brasileiros de Florestas Energéticas e de Reprodução Animal, o Congresso Mineiro de Apicultura e o Encontro Mineiro de Lideranças da Fruticultura.

As unidades da Embrapa sediadas em Minas Gerais, Milho e Sorgo (Sete Lagoas) e Gado de Leite (Juiz de Fora), participam da SuperAgro com apresentação de tecnologias e materiais educativos para os visitantes. No estande, a tecnologia ILPF (Integração Lavoura-Pecuária-Floresta) é um dos destaques. Maquetes representam propriedades rurais e demonstram as diferenças entre a exploração tradicional e a produção sustentável numa área recuperada que integra os sistemas agrícola, pecuário e florestal.

Além disso, a Embrapa Milho e Sorgo apresenta peças de artesanato com palha de milho e diversos folderes com explicações sobre produtividade do milho, sorgo granífero, forrageiro, milheto, compostagem de resíduos orgânicos e minimilho. A Unidade Gado de Leite disponibiliza publicações sobre a produção leiteira, os desafios do setor e kit de ordenha manual.

A Embrapa também marca presença no Congresso Brasileiro de Florestas Energéticas, que conta com cerca de mil participantes em palestras, conferências e exposições de trabalhos. O foco é a discussão de inovações tecnológicas e sustentabilidade na cadeia produtiva de florestas plantadas para geração de energia. O evento é uma realização da Embrapa Florestas, da Embrapa Agroenergia e da Sociedade de Investigações Florestais.

Solenidade de abertura

Durante a abertura da SuperAgro, o secretário de Estado de Agricultura, Pecuária e Abastecimento, Gilman Viana, destacou que as taxas de crescimento do agronegócio mineiro estão maiores dos que as nacionais. E atribuiu esse desenvolvimento à qualidade dos produtos, “que têm sido percebidos e procurados para negócios”.

O governador Aécio Neves afirmou que Minas Gerais tem tido um grande crescimento no setor industrial, mas “será sempre o estado da agricultura e da pecuária”. Segundo o governador, essa é a matriz mais importante e deve ser valorizada e incentivada por sua relevância social.

A respeito da crise econômica, Aécio disse que não deve haver pessimismo e apresentou números para reforçar sua afirmação. “O Brasil vai produzir 137 milhões de toneladas de grãos este ano. Esta será a segunda maior safra da história”, disse em seu discurso. Nesse cenário, o governador destacou a presença do estado como o quinto maior produtor de grãos do país, com uma safra de dez milhões de toneladas.

O presidente da Faemg (Federação da Agricultura e Pecuária do Estado de Minas Gerais), Roberto Simões, ressaltou que o agronegócio é responsável por 35% do PIB do estado e emprega 27% da população economicamente ativa em Minas. Simões considera que a produção do setor é garantia de segurança alimentar e avalia que a economia rural mineira está bem equilibrada, distribuída nos setores de agricultura, pecuária e florestas.

Serviço

A SuperAgro 2009 ocorre no complexo Parque de Exposição da Gameleira/Expominas, em Belo Horizonte, até domingo (7 de junho). Mais informações sobre o evento podem ser obtidas no endereço: http://www.superagronet.com

Atenção: Para comentar esse conteúdo é necessário ser cadastrado, faça seu cadastro gratuíto.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink