Embrapa passa a compor Espaço Inovação no PCT Guamá

Agronegócio

Embrapa passa a compor Espaço Inovação no PCT Guamá

A Embrapa Amazônia Oriental passa a compor um espaço destinado a transformar ciência e tecnologia em inovação e serviços úteis à sociedade.
Por:
359 acessos

A Embrapa Amazônia Oriental passa a compor um espaço destinado a transformar ciência e tecnologia em inovação e serviços úteis à sociedade. O Espaço Inovação, prédio situado no Parque de Ciência e Tecnologia Guamá (PCT Guamá), em Belém (PA), será inaugurado nesta quinta-feira (30), às 9h, pelo Governo do Pará. Entre seus seis laboratórios, o local abrigará dois ligados à Embrapa: o Laboratório de Instrumentação para Produtos Agroindustriais e o Laboratório de Fitossanidade e Manejo.

De acordo com o pesquisador Marcos Oliveira, da Embrapa Amazônia Oriental, esses laboratórios serão prioritariamente voltados para pesquisa aplicada, desenvolvimento e prestação de serviços. "Poderemos, por exemplo, oferecer análises para definir a composição nutricional de produtos ou consultorias para melhorar o processo produtivo de pequenas agroindústrias", afirma. Outra oportunidade de atuação na área da agroindústria, segundo o pesquisador, será o desenvolvimento de produtos regionais, como os méis das abelhas nativas e o aproveitamento de coprodutos ligados à indústria da palma de óleo.

O fato de compor um parque tecnológico, de acordo com Oliveira, traz também oportunidades relacionadas à obtenção de recursos para pesquisa e desenvolvimento, pois existem editais voltados especificamente para o fomento das atividades dos parques de ciência e tecnologia.

PCT Guamá - Com quase oito mil metros quadrados de área interna e investimentos de cerca de R$ 20 milhões, o Espaço Inovação, principal edificação do Parque, abre as portas com seis laboratórios avançados de Pesquisa e Desenvolvimento (P&D) e três empresas de base tecnológica. "Ao investir na implantação do Espaço Inovação e do parque tecnológico como um todo, o governo estadual pretende criar uma ambiência favorável ao enraizamento de uma mentalidade empreendedora e criativa no Estado, promovendo a inovação e verticalizando as cadeias produtivas regionais", destaca o titular da Sectet, Alex Fiúza de Mello.  

Além dos dois laboratórios ligados à Embrapa, haverá quatro vinculados à Universidade Federal do Pará (UFPA). São eles: Centro de Valorização Agroalimentar de Compostos Bioativos da Amazônia (CVACBA); Laboratório de Engenharia Biológica; Laboratório de Óleos Vegetais e Derivados; e Laboratório de Sensores e Sistemas Embarcados (Lasse).

Empresas - O Espaço Inovação abrigará, também, empresas com grande potencial de crescimento econômico e que tenham por escopo investimentos em inovação. Três empresas já foram selecionadas pelo edital lançado pela Sectet e pela Fundação Guamá, responsável por gerenciar o Parque, para se instalarem no Espaço. As empresas "Inteceleri Soluções Ltda", "Idee Amazônia" e "RVC Empreendimentos" foram as primeiras aprovadas para residirem no Espaço. Na ocasião de inauguração, haverá a solenidade simbólica de assinatura dos contratos de uso entre as empresas e a Fundação Guamá. 

"A implantação deste ambiente vai trazer uma dinâmica estratégica para a inovação no estado do Pará, estimulando a sinergia entre laboratórios e empresas com projetos complementares. Também vai incrementar a receita do PCT Guamá a partir das locações das salas, contribuindo para a autossustentabilidade do Parque", ressalta o presidente da Fundação Guamá, Antonio Abelém.  

Parcerias - Os Laboratórios do Espaço Inovação foram contemplados e equipados com recursos financeiros federais e estaduais, advindos de projetos apresentados pelo Estado e aprovados pela da Financiadora de Estudos e Projetos (Finep/MCTI), Sectet e  Fundação Amazônia Paraense de Amparo à Pesquisa (Fapespa). Outras parcerias deverão dar continuidade à consolidação desses investimentos.
 
Pioneirismo na Amazônia - Construído em Belém, numa área de 73 ha cedida pela UFPA e pela Universidade Federal Rural da Amazônia (UFRA), o PCT Guamá é o primeiro parque tecnológico a entrar em operação na Região Norte.  A construção e consolidação do espaço são de responsabilidade do Governo do Pará, por meio da Sectet. Para mais informações, acesse: www.pctguama.org.br.

Atenção: Para comentar esse conteúdo é necessário ser cadastrado, faça seu cadastro gratuíto.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink