Embrapa recebe visita de delegação da Bayer

Agronegócio

Embrapa recebe visita de delegação da Bayer

Objetivo foi conhecer o novo Banco Genético da Embrapa
Por:
1579 acessos

A Embrapa Recursos Genéticos e Biotecnologia, uma das 46 unidades da Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária – Embrapa recebeu no dia 3 de setembro, a visita de uma delegação da Bayer, composta por três responsáveis pelo desenvolvimento agrícola no Brasil e América Latina - Bernard Jacqmin; Vincent Dartigues e André Abreu – além do Gestor de Alianças Científicas Globais na Alemanha, Frédéric Lejard, e de dois representantes de negócios da Empresa no Brasil, Andrea Beer e Oliver Martin.

O objetivo foi conhecer o novo Banco Genético da Embrapa, inaugurado em abril deste ano, que é pioneiro no Brasil por abrigar no mesmo espaço pesquisas e atividades relacionadas à conservação de recursos genéticos de plantas, animais e microrganismos.

A Bayer é uma empresa com atuação global nos setores de saúde (Bayer HealthCare), agronegócios (Bayer CropScience) e materiais inovadores (Bayer MaterialScience). Com 4.500 colaboradores em todo o País, a Bayer do Brasil está entre as cinco maiores operações do Grupo no mundo e tem duas fábricas localizadas em São Paulo (SP), cidade onde também está sua sede brasileira, e Belford Roxo (RJ). A divisão CropScience é o principal negócio da Bayer no mercado brasileiro, com resultados da ordem de R$ 4,4 bilhões em 2013 (62,5% do total).

A comitiva foi recebida pela chefe de Pesquisa e Desenvolvimento da Unidade, Marília Burle, e pelos pesquisadores Marcos Gimenes, Juliano Pádua e Julio Carlyle. Primeiro, eles assistiram a uma apresentação sobre o programa de pesquisa da Unidade e depois visitaram o Banco Genético.

No novo prédio, conheceram o complexo de câmaras frias, com capacidade para armazenar 750 mil amostras de sementes de importância socioeconômica. Atualmente, o Banco já é o maior do Brasil e da América Latina e conta com mais de 120 mil amostras de 730 espécies conservadas a 20º abaixo de zero, onde podem permanecer por cerca de 100 anos, desde que sejam feitos testes periódicos para testar o poder germinativo das sementes, a cada dez ou 15 anos, dependendo da espécie.
 
Intercâmbio de recursos genéticos microbianos será uma das prioridades da cooperação técnica

 
A delegação da Bayer conheceu também as outras coleções mantidas pela Embrapa Recursos Genéticos e Biotecnologia e demonstrou especial interesse pela coleção microbiana. De acordo com André Abreu, a Empresa possui hoje uma coleção com aproximadamente 40 mil amostras de microrganismos de interesse para a agricultura e uma das prioridades é aumentá-la e diversificá-la. Essa será, provavelmente, uma das linhas prioritárias na parceria com a Embrapa.

 A Embrapa possui 17 coleções de micorganismos (fungos, vírus e bactérias) com diferentes funcionalidades distribuídas pelas suas unidades de pesquisa em quase todo o Território Nacional.  Entre as aplicações, destacam-se: microrganismos com potencial para    o controle biológico de pragas; agroenergia; fabricação de vinhos; entre outras.
             
Workshop em novembro vai definir atuação conjunta entre Embrapa e Bayer
 
Após a visita à Embrapa Recursos Genéticos e Biotecnologia, a delegação da Bayer se reuniu com o chefe da Secretaria de Negócios (SNE), Vitor Hugo de Oliveira, e representantes do Departamento de Pesquisa e Desenvolvimento (DPD) da Embrapa para discutir as áreas e focos da cooperação técnica entre as duas instituições.
           
Segundo a analista da Coordenação de Negociação e Contratos da SNE, Ana Paula De Stefani, os presidentes das duas empresas assinaram em maio de 2014 um acordo macro de cooperação.
           
Na reunião realizada hoje, ficou decidida a realização de um workshop conjunto, em Brasília, provavelmente no dia 24 de novembro, para definir os critérios prioritários à implementação desse acordo. “O evento, que deve contar com cerca de 50 pessoas, vai definir os primeiros projetos e ações a serem desenvolvidas em parceria entre a Embrapa e a Bayer”, explica Ana Paula.
           
A programação da comitiva da Bayer no Brasil vai incluir visitas a outras unidades da Embrapa, como a Soja (Londrina, PR), entre outras que ainda não estão confirmadas.

Atenção: Para comentar esse conteúdo é necessário ser cadastrado, faça seu cadastro gratuíto.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink