Agronegócio

Embrapa Recursos Genéticos e Biotecnologia comemora 32 anos

A Embrapa Recursos Genéticos e Biotecnologia completou 32 anos no dia 22 de novembro
Por: -Redação
2 acessos

A Embrapa Recursos Genéticos e Biotecnologia de Brasília (DF) completou, no dia 22 de novembro de 2006, 32 anos de existência com um importante resultado para comemorar: o depósito de 100 mil amostras de sementes nas suas câmaras frias de conservação.

No dia 07 de dezembro, às 10h30, durante a solenidade em homenagem ao aniversário da Unidade, o diretor-presidente da Embrapa, Sílvio Crestana, fará o depósito simbólico de sementes de feijão nas novas câmaras frias, que serão também inauguradas durante o evento. Trata-se de um complexo de seis novas câmaras que vão dobrar a capacidade de armazenamento de 120 para 240 mil amostras de sementes.

Esse número torna o banco genético brasileiro o 7º maior de todo o mundo, empatado com o do Canadá. Em primeiro, estão os Estados Unidos, com 466 mil amostras; seguidos pela China, com 360 mil; Alemanha, com 160 mil; Japão, com 147 mil; Índia com 144 mil e Coréia, com 115 mil.

Nesse banco genético de espécies vegetais, conhecido no meio científico como coleção de base, estão conservadas 100 mil sementes de importância sócio-econômica em câmaras frias a 20ºC abaixo de zero, onde podem permanecer por mais de cem anos. É claro que periodicamente são feitos testes para avaliar o seu potencial de germinação. As espécies com maior número de amostras na coleção são aquelas de maior importância na alimentação do povo brasileiro, ou seja: soja, arroz, feijão, trigo e milho, mas o banco inclui ainda inúmeras outras espécies, como medicinais, fruteiras e arbóreas, entre muitas outras.

As espécies que compõem a coleção de base da Unidade são resultantes de expedições de coleta realizadas em todas as regiões brasileiras e também do intercâmbio com outras instituições de pesquisa e universidades do Brasil e do exterior. As informações são da assessoria de imprensa da Embrapa Recursos Genéticos e Biotecnologia.

Atenção: Para comentar esse conteúdo é necessário ser cadastrado, faça seu cadastro gratuíto.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink