Embrapa Trigo oficializa parceria com a EPAMIG

Agronegócio

Embrapa Trigo oficializa parceria com a EPAMIG

Durante o aniversário da EPAMIG foi assinado um termo de cooperação com a Embrapa Trigo para ampliar as pesquisas com o trigo.
Por:
613 acessos

No dia 05/08, durante as comemorações de 42 anos de existência da Empresa Agropecuária de Minas Gerais (EPAMIG), foi assinado o termo de cooperação técnica com a Embrapa Trigo com o objetivo de ampliar as ações de pesquisas com o trigo no Estado.

Os primeiros registros de cultivo de trigo em Minas Gerais datam do início do século passado, com experimentos de cultivo realizados na Fazenda de Monte Alto, no Triangulo Mineiro, entre os anos de 1928 e 1930. O cereal foi objeto de campanha na década de 40, quando foi criada a Estação Experimental de Patos de Minas (filiada ao Instituto Agronômico do Oeste na época, hoje patrimônio da EPAMIG), que resultou na criação de cultivares adaptadas ao Estado, como a cultivar BH 1146, com melhor tolerância ao calor, à seca e ao alumínio do solo.

Após, seguiram-se fases de crescimento e decadência da cultura, sobrevivendo apenas ao entusiasmo de alguns pesquisadores, como os da EPAMIG, que desde 1975 desenvolve pesquisas de melhoramento genético do trigo para o cultivo de sequeiro, em parceria com a Embrapa. Nas últimas três décadas, o trabalho desenvolvido em Minas Gerais foi responsável pela recomendação de mais de 30 variedades de trigo.

Os trabalhos em parceria entre as instituições iniciaram na década de 1970, junto com as primeiras pesquisas de melhoramento. Ainda hoje, uma equipe da Embrapa Trigo está lotada na unidade da Epamig em Uberaba. "Estamos oficializando uma parceria que vem se fortalecendo nos últimos cinco anos. Já identificamos na região Sul de Minas um grande potencial para a produção de trigo de sequeiro. Acredito que a expansão da cultura para além do Sul do país é fundamental para o fortalecimento da triticultura brasileira", avalia o Chefe-Geral da Embrapa Trigo, Sergio Roberto Dotto.

Atualmente, a área potencial para a produção de trigo em Minas é estimada em 120 mil hectares (ha), somadas a produção irrigada (85 mil ha) e de sequeiro (42 mil ha). As regiões mais favoráveis ao cultivo são Noroeste, Sul, Alto Paranaíba e Triângulo Mineiro. Em 2015, foram cultivados 67 mil ha de trigo, com produção de 218,3 mil toneladas (SEAPA/MG). Comparativamente às demais regiões produtoras do País, o clima quente e seco da região potencializa a obtenção de qualidade tecnológica, especialmente, direcionada à panificação.

Em 2015, a Embrapa Trigo e a Embrapa Cerrados lançaram duas cultivares para a região: o trigo de sequeiro BRS 404, e o BRS 394 para o sistema irrigado.

Atenção: Para comentar esse conteúdo é necessário ser cadastrado, faça seu cadastro gratuíto.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink