Emerson Fittipaldi e Bumlai vão construir usina em Maracaju (MS)

Agronegócio

Emerson Fittipaldi e Bumlai vão construir usina em Maracaju (MS)

A Usina Brilhante será a terceira indústria de álcool e açúcar a se instalar no município
Por: -Marco Antônio Gehlen
13 acessos

O empresário e campeão de Fórmula 1 Emerson Fittipaldi e o pecuarista José Carlos Bumlai anunciaram uma parceria com o banco BVA, investimentos da ordem de R$ 400 milhões para a construção de uma usina de álcool etanol (produzido a partir da cana-de-açúcar), no município de Maracaju (MS), a 164 quilômetros de Campo Grande.

A Usina Brilhante – denominação dada ao empreendimento – será a terceira indústria de álcool e açúcar a se instalar em Maracaju; sendo que o segundo projeto implantado no município [a Usina Vista Alegre] entrou em operação em 2006; e a primeira indústria de álcool e açúcar a se instalar na região foi a Usina Maracaju, que já está em operação há quase duas décadas. "Na manhã de ontem, recebemos Emerson Fittipaldi, José Bumlai e representante do banco BVA e consolidamos a vinda de uma nova usina de álcool para Maracaju", comemorou o prefeito Maurílio Ferreira Azambuja.

Segundo o prefeito, os empreendedores já adquiriram uma área de 85 hectares, na estrada da Água Fria no município, para instalação da usina. O grupo já teria adquirido ainda outros 25 mil hectares para cultivar cana.

A estimativa é que em março deste ano sejam iniciados a construção da indústria e o plantio de cerca de mil hectares de mudas de cana. No entanto, o começo da moagem da cana para produção de álcool está previsto para 2009 e a capacidade da usina será de processar quatro milhões de toneladas de cana por ano. Para Emerson Fittipaldi, a contribuição do empreendimento no desenvolvimento econômico da região justifica o apoio recebido da Prefeitura de Maracaju e do Governo do Estado, que concederam incentivos fiscais e apoio de infra-estrutura, como a terraplanagem do local onde a indústria será instalada, entre outros benefícios.

De acordo com o projeto do empreendimento, a Usina Brilhante processará cana-de-açúcar cultivada em aproximadamente 40 mil hectares – considerando parte das terras pertencentes aos empreendedores e outra área de propriedade de agricultores da região. A estimativa é que sejam gerados 12 mil postos de trabalho em função da instalação da usina no município, sendo que a usina gerará quatro mil postos de trabalho diretos.

Durante o encontro de ontem, Emerson Fittipaldi destacou o que considera como fatores favoráveis à escolha de Maracaju para receber a indústria: "a localização do empreendimento, em um ponto intermediário entre os oceanos Atlântico e Pacífico, permitirá redução de sete mil quilômetros, aproximadamente, no percurso até os países asiáticos, uma vez que estamos a cerca de 1,5 mil quilômetros do Pacífico", frisou. Além disso, o empresário ressaltou as adequadas condições climáticas e de qualidade do solo como fatores positivos para a escolha da região.

A assessoria de imprensa de Fittipaldi informou que esta será a primeira usina, incluída nos planos do empresário, a entrar em atividade. Fittipaldi planeja ainda investir em outra unidade industrial no município mineiro de Uberlândia. "Acredito muito no potencial mundial do etanol, por representar uma alternativa de energia menos poluente", disse. Segundo ele, o Brasil tem todas as condições para expandir o setor sucroalcooleiro nas próximas décadas.

O ex-piloto, que tem cultivo de laranja para a produção de suco congelado no interior de São Paulo, confessou que o novo projeto "é a realização de um sonho", pois durante 13 anos participou da Fórmula Indy, nos Estados Unidos, usando etanol. Isso, segundo ele, comprovou a capacidade desse produto e a tecnologia que o Brasil domina.

Atenção: Para comentar esse conteúdo é necessário ser cadastrado, faça seu cadastro gratuíto.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink