Emissão de pó na armazenagem de grãos é tema de reflexão em Conferênicia
CI
Agronegócio

Emissão de pó na armazenagem de grãos é tema de reflexão em Conferênicia

Especialista orienta representantes do setor industrial sobre as principais técnicas e equipamentos criados para a redução da emissão de pó de grãos armazenados e seus riscos
Por: -Janice
A movimentação de grãos em diferentes etapas na pós-colheita é a principal causa de emissão de pó em grãos armazenados. Este foi o tema apresentado pelo engenheiro civil Roberto Hajnal, representante da Aposgran (Associação Argentina de Pós-Colheita de Grãos), ontem, dia 19 de outubro, no Centro de Convenções de Foz do Iguaçu, durante a 5ª. Conferência Brasileira de Pós-Colheita.

A fim de gerar um alerta e evitar riscos como a explosão nos silos, o especialista orienta representantes do setor industrial sobre as principais técnicas e equipamentos criados para a redução da emissão de pó de grãos armazenados e seus riscos. De acordo com Hajnal "o sistema brasileiro de controle de pó não é regulamentado e cada empresa utiliza a técnica de redução que lhe convém".

De acordo com Hajnal, cada vez que os grãos são elevados, transferidos ou manuseados, geram pó em grande volume, ocasionando prejuízo a saúde dos trabalhadores e estragos aos equipamentos, ainda provocam incêndios e explosões, pela sua excelente capacidade de combustão. "Controle de pó é um meio significativo de prevenir as explosões em unidades armazenadoras de grãos e reduzir a contaminação ambiental. A separação do pó da mistura entre ar e pó é um processo que requer muito cuidado", afirma.

As informações são da assessoria de imprensa do evento.

Atenção: Para comentar nesta página é necessário realizar o seu cadastro gratuíto ou entrar.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink