Empresa apoiará agricultor familiar no plantio de biodiesel

Agronegócio

Empresa apoiará agricultor familiar no plantio de biodiesel

A Brasil Ecodiesel, deve fornecer sementes, equipamentos e assistência
Por:
29 acessos

Mais de 7 mil famílias de agricultores do Distrito Federal e de cidades próximas plantarão mamona e girassol em uma área de 35 mil hectares, na safra 2007/8. Quinta-feira (09-08) foi formalizada uma parceria entre a Federação dos Trabalhadores na Agricultura do DF (Fetagri) e a empresa Brasil Ecodiesel, que promete fornecer sementes, equipamentos e assistência técnica.

Os contratos com os agricultores serão fechados individualmente nos próximos meses. Nelson Silveira, presidente da empresa, a maior produtora de biodiesel do país, informou que seus técnicos “visitam as lavouras cerca de quatro vezes por ano” e que os agricultores também recebem sementes para a produção de subsistência, como feijão.

O presidente da Fetagri-DF, João Ribeiro dos Santos, afirmou que a parceria é uma oportunidade para as famílias comercializarem a produção: “Não vamos dizer que o lucro será grande, mas para quem vive na expectativa de produzir o alimento para as nossas famílias, teremos segurança e assistência técnica".

Também deverão plantar as oleaginosas cerca de 30 mil agricultores dos estados de São Paulo, Mato Grosso, Mato Grosso do Sul e Goiás. Eles se somarão aos de outros 14 estados onde mamona e girassol já são comercializados com o apoio da Brasil Ecodiesel. A empresa espera, com os novos contratos, produzir 115 mil metros cúbicos de biodiesel no próximo ano.

O diretor de Política Agrícola da Confederação Nacional dos Trabalhadores na Agricultura (Contag), Antoninho Rovaris, destacou que a produção de biodiesel no Brasil está atrelada a parcerias com empresas privadas. "É um contrato de compra e venda com preço garantido, com acesso à tecnologia e o máximo de segurança”, afirmou.

Os contratos, na avaliação dos agricultores, são seguros porque a empresa compra toda a produção e também garante uma compensação financeira no caso de perdas por problemas climáticos.“Antes de contratar, verificamos as condições da terra e do clima. Se algo der errado na safra, assumimos o prejuízo”, informou o presidente da Brasil Ecodiesel.

A empresa possui o Selo Combustível Social do Ministério do Desenvolvimento Agrário, concedido aos produtores que promovem a geração de emprego e renda aos agricultores, com especial atenção à região Nordeste e ao Semi-Árido. Com isso, a Brasil Ecodiesel tem direito a descontos em contribuições trabalhistas e condições especiais de financiamento em bancos públicos.


Atenção: Para comentar esse conteúdo é necessário ser cadastrado, faça seu cadastro gratuíto.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink