Empresa Bom Gosto vai construir fábrica no Uruguai

Agronegócio

Empresa Bom Gosto vai construir fábrica no Uruguai

A empresa gaúcha investirá US$ 30 milhões na construção de nova fábrica
Por:
239 acessos

Agência EFE - A empresa gaúcha "Laticínios Bom Gosto" investirá US$ 30 milhões na construção de uma fábrica de industrialização de leite e seus derivados no Uruguai, anunciou a companhia em Montevidéu. Segundo um longo artigo publicado pelo jornal "El País", de Montevidéu, o objetivo principal do investimento é produzir tanto para o mercado interno como exportar para outros países, principalmente Estados Unidos, México e Venezuela, usando o acesso que o Uruguai obteve com tratados bilaterais.

O investimento será feito em uma nova fábrica de produção láctea, que se soma à da americana "General Mills", que opera em San José, próximo a Montevidéu, e que se dedicará à produção de caseína. A companhia, com sede em Tapejara (RS), prevê produzir em uma primeira etapa caixa de leite longa-vida. Depois, começará a fabricar leite em pó, queijo e processar o soro.

O presidente da empresa, Wilson Zanatta, disse ao jornal uruguaio que, "nos próximos dias", será definida a compra do prédio para a construção da fábrica. Segundo o executivo, as opções são as cidades de Canelones e San José, ambas próximas a Montevidéu. Zanatta acrescentou que a primeira etapa ocorrerá entre o final de 2007 e de 2008, quando pretende estar produzir em "uma das fábricas mais modernas" do Uruguai.

A empresa fez parceria com o BNDES, que financia a expansão tanto no Brasil quanto no Uruguai, com um empréstimo de U$S 22 milhões. O presidente da "Bom Gosto" destacou a qualidade da produção de leite do Uruguai e o melhor acesso a mercados externos este país tem em comparação com o Brasil. Produtos brasileiros têm enfrentado restrições no exterior devido a questões sanitárias.

Outra razão que o empresário e veterinário de 46 anos destacou foi o conhecimento do país e "dos amigos uruguaios". Segundo Zanatta, desde 1999 a empresa importou mais de 5 mil bezerros do Uruguai "para distribuí-los entre os produtores ligados à empresa". Até agora, já foram importados 500 animais, número que deve chegar a mil até o final do ano. Zanatta disse que a intenção é abastecer Rio de Janeiro e São Paulo a partir do Uruguai, além de chegar a México, Venezuela, EUA e Europa.


Atenção: Para comentar esse conteúdo é necessário ser cadastrado, faça seu cadastro gratuíto.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink