Empresa catarinense é a primeira a receber o selo Brazilian Pork

Agronegócio

Empresa catarinense é a primeira a receber o selo Brazilian Pork

Pamplona foi a primeira empresa do Brasil a ter o direito de utilizar o selo de origem Brazilian Pork, mantido pela ABPA
Por:
311 acessos

A Pamplona, empresa produtora e exportadora de suínos com matriz em Rio do Sul (SC), foi a primeira empresa do Brasil a ter o direito de utilizar o selo de origem Brazilian Pork, mantido pela Associação Brasileira de Proteína Animal (ABPA).
Para usar o selo, a empresa passou por um check list e atendeu à todos os requisitos estabelecidos pelo Projeto Setorial Brazilian Pork, mantido pela ABPA em parceria com a Agência Brasileira de Promoção de Exportações e Investimentos (Apex-Brasil).  A aprovação do uso do selo foi analisado por uma comissão técnica, em uma criteriosa avaliação com mais de 70 itens relativos ao bem-estar animal, qualidade da alimentação, controle e respeito à sanidade e à gestão ambiental.

O selo foi adotado pela empresa para as exportações com destino ao Japão – um dos mais tradicionais clientes das importações brasileiras de carne de frango, e que recentemente abriu suas portas para a carne suína made in Brazil
“Os cárneos produzidos pelo Brasil já têm excelente percepção de qualidade pelo consumidor japonês.  Neste contexto, o início da aplicação do selo Brazilian Pork deve ser favorecido por uma campanha publicitária que estamos realizando em Tóquio, destacando a qualidade e o status sanitário da produção brasileira de aves e de suínos”, ressalta Francisco Turra, presidente-executivo da ABPA.


Atenção: Para comentar esse conteúdo é necessário ser cadastrado, faça seu cadastro gratuíto.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink