Empresa de silos deve se instalar em Mato Grosso

Agronegócio

Empresa de silos deve se instalar em Mato Grosso

Um fator determinante para a chegada da empresa no Estado foi o custo-benefício na produção de frango
Por:
1 acessos

A perspectiva de crescimento do agronegócio em Mato Grosso e no Centro-Oeste levou a indústria Casp, do segmento de silos, armazéns e de equipamentos para avicultura e suinocultura, a aceitar o convite do governo de Mato Grosso para se instalar no Distrito Industrial de Cuiabá. Um fator determinante para a chegada da empresa no Estado foi o custo-benefício na produção de frango. Até agosto o empreendimento será instalado no Estado, segundo anunciou nesta sexta-feira (22.04) o gerente comercial, Iverson Benvenutti, durante reunião com o secretário Cloves Vetoratto no gabinete que o governo do Estado manteve na Agrishow Cerrado 2005.

A empresa é líder no mercado de incubação de pintos, com 85% de participação, e detém 30% do mercado de equipamentos de criação de frango de corte. Única companhia nacional com participação no mercado avícola, a Casp prospectou negócios em Mato Grosso após reunião da diretoria com o secretário estadual de Projetos Estratégicos, Cloves Vettorato. A empresa está entre as quatro maiores do mundo em produção de incubadoras de aves.

O diretor da indústria informou que estrategicamente houve opção por Mato Grosso devido ao retorno de ganho para o negócio. Além do menor custo em todo o mundo para se produzir frango estar no Brasil. O melhor mercado regional é o Centro-Oeste, comparado aos fatores de produção da região Sul. “No Centro-Oeste se produz o quilo de frango com custo de R$ 0,10 a R$ 0,20 menor em relação ao Sul”, afirma. “O setor avícola no Brasil é muito organizado, temos os melhores profissionais”, acrescentou Benvenutti.

“Como apostamos muito no setor agrícola, onde tem déficit grande de armazenagem, o local ideal escolhido foi vir para a fronteira agrícola, e tem apoio. Foi nossa opção natural para investimento diante do convite do governo”, diz o diretor da empresa ao justificar o limite de crescimento de área física da empresa em São Paulo.

Aplicação de recursos

De acordo com o secretário Vettorato, a empresa está em sintonia com a demanda por aplicação de recursos na cadeia da suinocultura e da avicultura, setores com atração de investimentos a médio e longo prazo e com conjuntura de crescimento nos próximos anos. “A Casp compreendeu a importância de estar em expansão junto com o cliente. Nós tivemos reunião em São Paulo para convidar a empresa para se instalar em Mato Grosso”, informou o secretário.

Com sede em Amparo (SP), a empresa atua no segmento há 70 anos, na terceira geração de empreendedores de um grupo familiar. No ano passado, a empresa efetivou exportação de US$ 12 milhões.

A área onde a Casp será localizada é de 10 mil metros quadrados.

A indústria comercializa na Agrishow Cerrado desde a primeira edição da feira, em 2002. Em sua linha de produtos estão equipamentos de armazenagem, de criação e engorda de frango para matrizes – produção de ovos – e incubadoras.


Atenção: Para comentar esse conteúdo é necessário ser cadastrado, faça seu cadastro gratuíto.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink