Empresa desenvolve TSI pioneiro no país
CI
Imagem: Marcel Oliveira
SEMENTES

Empresa desenvolve TSI pioneiro no país

Estudo foi realizado no Centro de Tecnologia de Tratamento de Sementes, em Formosa (GO)
Por: -Eliza Maliszewski

 

O Brasil passa a contar com um tratamento de sementes industrial pioneiro. É a união de genética de excelência com as melhores biotecnologias, conhecimento técnico, capacidade operacional e ativos superiores do mercado.

As pesquisas foram desenvolvidas no Centro de Tecnologia de Tratamento de Sementes (CSAT), em Formosa (GO) pela Pioneer, marca de sementes da Corteva. Os profissionais avaliaram as principais necessidades do produtor e que produtos poderiam entregar uma semente de soja mais completa.

Chamado de TSI Soja Completa, a semente vem pronta para o plantio, sem necessidade de fazer o tratamento de sementes na fazenda, eliminando custos operacionais e os ricos de misturas de peneiras e cultivares. “A tecnologia também proporciona maior germinação, longevidade de armazenamento e uniformidade da lavoura, além de proteger o potencial produtivo”, afirma Ivo Lersch Junior, Líder de Tratamento de Sementes Industrial da Corteva Agriscience.

Um dos grandes problemas observados é que mais de 70% dos agricultores adicionam inoculantes na semente de soja já tratada industrialmente, o que costuma ocasionar diminuição do ingrediente ativo previamente aplicado e acelerar a perda de qualidade da semente.

O novo TSI vem com produtos já reconhecidos no segmento como o fungicida Rancona T e inseticida Dermacor. Em uma parceria com a empresa Rizobacter, também foram adicionados à semente o Rizoliq LLI, que beneficia a lavoura em 60 dias de pré-inoculação. Além disso há o protetor bacteriano Premax, que ajuda na fixação e vida da bactéria, e o Rizomicro CoMo, uma fonte de alta concentração de Cobalto e Molibdênio que complementa as maiores necessidades dos produtores.
 
“Após três anos de estudo conseguimos oferecer uma semente que permite ao produtor apenas abrir a embalagem e plantar. Nosso próximo passo é oferecer, em breve, novas soluções completas com foco nas necessidades de cada região”, completa Ivo.
 
 


Atenção: Para comentar nesta página é necessário realizar o seu cadastro gratuíto ou entrar.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink