Empresas abrem a compra do tabaco da Safra 2018/19

Tabaco

Empresas abrem a compra do tabaco da Safra 2018/19

Tabacaleiras abriram no início desta semana a compra do tabaco da Safra 2018/19
Por:
419 acessos

Após o recesso para as festas de final de ano e retorno das férias, as tabacaleiras abriram no início desta semana, nas plantas industriais de Venâncio Aires e Santa Cruz do Sul e nas filias de Santa Catarina e do Paraná, a compra do tabaco da Safra 2018/19.

Segundo informado pela direção, o início da comercialização de tabaco na Alliance One na segunda-feira, 14, foi aberta a compra na Unidade de Compra e Processamento de Tabaco em Araranguá, Santa Catarina e para o dia 24, na Unidade de Compra e Processamento de Tabaco em Venâncio Aires/RS, com previsão de estender-se até o final de julho. Na Unidade da China Brasil Tabacos (CBT) em Venâncio Aires, a comercialização também se iniciou na segunda-feira.
Por meio de assessoria, a direção da JTI informa que a compra será iniciada ainda em janeiro, porém sem definição da data.

Na matriz da CTA em Venâncio Aires, a compra se inicia hoje, e em Santa Catarina, começou na 
segunda-feira. A expectativa da empresa é de que a qualidade do tabaco seja boa, com volume similar ao ano de 2018 a ser comprado nesta safra.

Na planta industrial de Santa Cruz do Sul, a Philip Morris Brasil (PMI), abriu a compra na segunda-feira. Nas filiais de Ituporanga e de Canoinhas, ambas de Santa Catarina, abrirá no dia 21. 
Conforme os anos anteriores, a compra está prevista para se encerrar no final de julho, porém, isto 
dependerá do andamento da safra.

Como retornou do recesso somente na segunda-feira, a direção da Brasfumo informa que a empresa ainda não tem previsão do início e que a data será definida nos próximos dias.

A Souza Cruz abriu a compra algumas antes do Natal, e após o recesso das festas de final de ano, reiniciou a compra no dia 7 de janeiro, mas sem estimativa de encerramento.

Da mesma maneira, a Tabacos Marasca, também reiniciou a compra no dia 8 de janeiro, sem previsão de término.

A UTC Brasil Indústria e Comércio de Tabaco Ltda. Informa que vai abrir a compra a partir da próxima semana com a data ainda a ser definida.

PREÇO

Hoje e amanhã, na sede da Federação dos Trabalhadores na Agricultura (Fetag/RS), em Porto Alegre, ocorrerá a segunda rodada de negociação do preço do tabaco para a atual safra. As sete entidades que compõem a Comissão de Representação dos Produtores de Tabaco estarão reunidas hoje pela manhã para ajustar os índices de reajuste do preço. As sete são a Associação dos Fumicultores do Brasil (Afubra), as Federações dos Trabalhadores Rurais (Fetag, Fetaesc e Fetaep) e as Federações dos Sindicatos Rurais (Farsul, Faesc e Faep).

Para o vice-presidente da Fetag/RS Nestor Bonfanti, a segunda rodada de negociação tentará chegar a um acordo entre a proposta das entidades e das tabacaleiras. 'As empresas precisam colocar na conta o valor da mão de obra dispensada pelo trabalhador e sua família no plantio e colheita. É necessário contabilizar este trabalho', salienta.

Bonfanti ainda enfatiza que o custo de produção aumentou em 5.9% em relação a safra passada, e o produtor precisa receber este reajuste. Contudo, as propostas apresentadas pelas empresas na primeira negociação não chegaram a este patamar.

Safreiros

A China Brasil Tabacos informa que irá selecionar 350 safreiros para esta safra e que boa parte deles já foi recrutada. A Alliance One deverá contratar 3 mil colaboradores safreiros em todas as suas unidade do Sul do Brasil, porém não informou o número de safreiros que serão contratados para a unidade de Venâncio Aires.

A Philip Morris informou que a contratação de safreiros se iniciou no dia 7 de janeiro, mas não adiantou quantos serão contratados.

Para as linhas de produção da fábrica de Santa Cruz do Sul, a Souza Cruz vai contratar 2 mil colaboradores temporários.

Para a area de compras, a Tabacos Marasca já contratou os safreiros no dia 8 de janeiro. Em fevereiro, serão contratados em torno de 200.

Para o setor de compra de tabaco, a UTC vai contratar 40 pessoas na segunda-feira, 21. Para a safra, o número será de 600 colaboradores e a contratação vai ocorrer durante o mês de fevereiro.
As demais empresas não repassaram as informações.


Atenção: Para comentar esse conteúdo é necessário ser cadastrado, faça seu cadastro gratuíto.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink