Empresas criam Joint Venture de etanol
CI
Imagem: Pixabay
FORTALECIMENTO

Empresas criam Joint Venture de etanol

O foco será a comercialização de etanol anidro e hidratado
Por: -Eliza Maliszewski

As empresas Vibra Energia, focada na distribuição de combustíveis e de lubrificantes, e a Copersucar S.A., que atua na comercialização de açúcar e etanol, anunciaram, nesta segunda-feira (30), a criação de uma comercializadora de etanol por meio de uma joint venture.

O foco desta nova empresa será a comercialização de etanol anidro e hidratado. O objetivo é criar uma plataforma integrada de comercialização de etanol, aberta a todos os produtores, distribuidores e brokers que queiram realizar negócios com a JV, para tornar as operações neste segmento ainda mais produtivas. Por meio da expertise dos sócios e das sinergias geradas, a comercializadora de etanol pretende agregar valor para toda cadeia do etanol, aumentando a eficiência e beneficiando todo o mercado.

A escala gerada pela nova comercializadora de etanol vai permitir melhor otimização logística, com o monitoramento constante e uma visão ampla de todos os processos da cadeia em tempo real. Embora a prioridade seja melhor atender o mercado nacional, cujas atividades serão majoritárias, a nova empresa atuará em linha com os negócios atuais da Vibra Energia e da Copersucar, tanto na importação, quanto na exportação de etanol.

“Com esta parceria, as empresas ampliam sua escala de atuação em um dos maiores mercados de etanol do mundo, possibilitando acesso a esta plataforma de comercialização a todos os players interessados. Queremos oferecer o biocombustível de forma otimizada e confiável, gerando competitividade para o setor, o que por sua vez irá trazer impactos positivos para o consumidor final. Essa é mais uma demonstração do reposicionamento da Vibra Energia, que busca negócios focados na transição rumo a fontes energéticas mais limpas e renováveis”, afirma Wilson Ferreira Jr, CEO da Vibra Energia.

“Essa parceria está totalmente alinhada à pauta ESG, com a comercializadora de etanol tendo a ambição de desempenhar papel relevante no apoio à transição energética e descarbonização da frota nacional de veículos leves. São duas sólidas empresas brasileiras reforçando seu compromisso com o país no desenvolvimento do mercado de biocombustíveis”, conclui João Teixeira, CEO da Copersucar.

A nova comercializadora terá gestão alinhada entre seus acionistas e seguirá as melhores práticas de governança e conformidade, com a transparência necessária perante os órgãos reguladores e demais stakeholders. Não haverá aporte de ativos imobilizados, contudo, a parceria poderá acessar a estrutura e os ativos dos sócios, incluindo as operações logísticas. A conclusão do negócio ainda está sujeita a determinadas condições precedentes, entre elas a análise dos entes competentes, como o CADE e a ANP.


Atenção: Para comentar nesta página é necessário realizar o seu cadastro gratuíto ou entrar.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink

Usamos cookies para armazenar informações sobre como você usa o site para tornar sua experiência personalizada. Leia os nossos Termos de Uso e a Privacidade.