Empresas de Máquinas Agrícolas têm resultado positivo na Expointer

Agronegócio

Empresas de Máquinas Agrícolas têm resultado positivo na Expointer

Vendas foram acima de expectativa.
Por:
503 acessos

Diante de um cenário de incerteza, mesmo já passada a instabilidade politica, o agronegócio continua respondendo positivamente e deixando bons resultados para a economia brasileira. Com produtores capitalizados, na sua maioria, a perspectiva de ter bons resultados na comercialização de máquinas agrícolas durante a 39ª. Expointer, realizada entre os dias 27 de agosto a 4 de setembro, era boa. E foi o que aconteceu para algumas empresas que participavam da feira. 

Com apenas três anos de mercado e participando pela terceira vez na Expointer, a LS Tractor apresentou todos os seus modelos de tratores que vão de 40 a 100 cvs. Amparada por uma estratégia comercial agressiva, repetiu na Expointer um resultado que vem obtendo em quase todas as principais feiras agrícolas  que fazem parte do calendário de eventos brasileiros, ou seja, resultados acima das edições anteriores. Isto foi confirmado nesta edição da feira, onde a LS Tractor obteve um volume de vendas 15% acima do ano passado, atingindo a meta estabelecida. 

“As tecnologias que temos embarcadas nos tratores, são um dos nossos diferenciais, e isto vem atraindo a atenção dos produtores e nos trazendo bons resultados na comercialização”, afirma o diretor comercial da empresa, André Rorato. Para confirmar este cenário positivo ele diz que a empresa obteve um resultado 15% maior no primeiro semestre deste ano, em relação ao mesmo período de 2015. 

Ipacol – Especialista na fabricação de máquinas e implementos para a alimentação animal, a Ipacol Maquinas Agrícolas, de Veranópolis, RS, apresentou na Expointer quatro novos produtos, a fim de atrair a atenção dos compradores. Ao que parece isto trouxe resultado. As vendas neste ano superaram em 10% às realizadas no ano passado. “Assim com o a agricultura, a pecuária de corte e de leite, passam por um bom momento em termos de preços ao produtor, abrindo possibilidades para que ele invista em novas tecnologias via novos equipamentos que vão melhorar a sua produtividade”, assinala o diretor de desenvolvimento de produto, Carlos A. Antoniolli. Ele acrescenta que soma a isto o fato de a empresa ter ganho a medalha de ouro no prêmio  Gerdau Melhores da Terra, na categoria Destaque para Agricultura Familiar. “Isto nos traz alegria, mas também mais responsabilidade de buscar melhorar mais ainda os nossos produtos”, finaliza Carlos.
 

Atenção: Para comentar esse conteúdo é necessário ser cadastrado, faça seu cadastro gratuíto.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink