Empresas de máquinas investem pensando na agricultura familiar

Agronegócio

Empresas de máquinas investem pensando na agricultura familiar

De todo o alimento que chega à mesa dos brasileiros 60% vem da atividade agrícola familiar
Por: -Silvano
164 acessos

Durante a abertura da 9ª Feira da Agricultura Familiar, que acontece juntamente com a 30ª Expointer, no Pavilhão de Exposições Assis Brasil, em Esteio-RS, o ministro do Desenvolvimento Agrário, Guilherme Cassel, reiterou a importância da agricultura familiar para o Brasil. Atualmente, segundo dados do ministério de Cassel, 77% da mão-de-obra agrícola brasileira e 60% de todo o alimento que chega à mesa dos brasileiros vem da atividade agrícola familiar.

Somente no Rio Grande do Sul, a agricultura familiar corresponde a 60% do PIB agrícola do Estado. Para a safra 2007/2008, o Estado gaúcho receberá R$ 2,4 bilhões do Governo Federal por meio do Programa Nacional de Fortalecimento da Agricultura Familiar, o Pronaf. Segundo o delegado do Ministério do Desenvolvimento Agrário do Rio Grande do Sul, Nilton de Bem, a meta do governo com essa verba é fechar 400 mil contratos de custeio, investimentos e comercialização com agricultores do Estado.

Apostando neste crescente mercado, empresas de máquinas e implementos agrícolas investem em linhas de produtos que buscam a realidade do pequeno produtor rural. É o caso da Agritech Lavrale, fabricante dos tratores Yanmar Agritech, que atende este mercado há cerca de 50 anos.

A empresa, especializada no desenvolvimento de tratores de até 55 cavalos aproveitou a 30ª edição da Expointer para apresentar sua nova linha de máquinas voltadas a agricultura familiar. A empresa investiu mais de R$ 9 milhões para desenvolver o novo produto, o Trator 1175, que tem como principal diferencial o motor de 70 cavalos, sob uma plataforma de pequeno porte.

“Somos uma empresa com tradição na fabricação de tratores de pequeno porte e o 1175 mantém o tamanho compacto de nossos produtos, mas com uma potência superior. Queremos ampliar a nossa participação no mercado, alicerçada na experiência bem-sucedida que tivemos ao longo dos anos atuando no mercado da agricultura familiar”, destaca o gerente de vendas da Agritech, Nelson Okuda Watanabe. As informações são da assessoria de imprensa da Agritech.

Atenção: Para comentar esse conteúdo é necessário ser cadastrado, faça seu cadastro gratuíto.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink