Encontrado antibiótico em vinho gaúcho
CI
Agronegócio

Encontrado antibiótico em vinho gaúcho

Vinícolas entraram na mira do Ministério Público do RS
Por: -Leonardo Gottems

Depois do leite, o vinho – agora foi a vez das vinícolas gaúchas entrarem na mira do Ministério Público do Estado (MP). Foram encontrados antibióticos em produtos de pelo menos 13 indústrias, cujos nomes não foram divulgados.

A substância em questão é a natamicina – usada como regulador de fermentação para eliminar bactérias – proibida no Brasil para utilização com esse fim em vinhos. O antibiótico era adicionado ao vinho de mesa suave (com açúcar), para evitar que fermente após o envase, pois é mais vulnerável à proliferação de bactérias durante o processo. 


A prática foi descoberta em análises de rotina do Laboratório de Bebidas do Lanagro, vinculado ao Ministério da Agricultura Pecuária e Abastecimento (Mapa). "É um aditivo utilizado para conservar melhor o produto", explica o responsável pelo órgão, Paulo Gustavo Celso.

 

Confira as marcas dos vinhos adulterados com antibióticos


Atenção: Para comentar nesta página é necessário realizar o seu cadastro gratuíto ou entrar.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink