Encontro debate Prêmio CNA Brasil Artesanal sobre queijos
CI
Imagem: Divulgação
EVENTO

Encontro debate Prêmio CNA Brasil Artesanal sobre queijos

CNA promoveu a live “Conheça o Prêmio CNA Brasil Artesanal – Edição Queijos”, na terça (05)
Por:

A Confederação da Agricultura e Pecuária do Brasil (CNA) promoveu a live “Conheça o Prêmio CNA Brasil Artesanal – Edição Queijos”, na terça (05). O encontro foi moderado pela assessora técnica da CNA, Marina Zimmermann, e contou com a participação do pesquisador e professor do Instituto de Laticínios Cândido Tostes (ILCT), Junior Cesar de Paula, e do pesquisador e professor da Empresa de Pesquisa Agropecuária de Minas Gerais (Epamig), Fernando Antônio.

Marina destacou que esta edição do concurso irá premiar o melhor queijo artesanal brasileiro e está com inscrições abertas até o dia 22 de abril. Ela falou sobre as categorias, avaliação e premiação dos participantes.

“É um concurso que vem para todos aprenderem e ganharem em experiência, qualidade e comunicação. Queremos estimular uma tríade que é fundamental para todos produtores de alimentos artesanais: saudabilidade, segurança e sustentabilidade”, afimou.

O representante do ILCT fez uma apresentação sobre as atuações da Epamig em queijos artesanais de Minas Gerais. Junior Cesar de Paula abordou os programas de pesquisa em leite e derivados, principais projetos em execução, segurança e defeitos em queijos artesanais e tecnologia na queijaria, entre outros temas.

“Os concursos são muito importantes para ganhar projeção e aprender um pouco mais. Não existe receita mágica. O produtor precisa ir aprimorando, evoluindo e melhorando o seu produto”, disse ele.

Fernando Antônio explicou como são organizados alguns dos principais concursos de queijos do Brasil e detalhou o regulamento do Prêmio CNA Brasil Artesanal. O especialista comentou quais são as características essenciais a serem avaliadas e como foram definidas as categorias da competição.

Prêmio CNA – O concurso é uma parceria da CNA com a Epamig e o Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas (Sebrae).

O produtor poderá participar em três categorias – queijo artesanal tradicional de 30 a 180 dias de maturação; queijo artesanal com tratamento térmico; e queijo artesanal com adições/aromatizados/condimentados –, mas só poderá inscrever um tipo de queijo por categoria.

Para participar, é necessário se cadastrar no Programa de Alimentos Artesanais e Tradicionais por meio de formulário até o dia 22 de abril.

Os finalistas nas três categorias irão receber um prêmio em dinheiro, o curso Sebrae Empretec e um certificado. O primeiro colocado receberá R$ 6 mil, o segundo R$ 3,5 mil, o terceiro R$ 2 mil, o quarto lugar R$ 1 mil e o quinto colocado R$ 500.

Todas as etapas do Prêmio CNA Brasil Artesanal 2022 – Queijo estão descritas no regulamento do concurso.


Atenção: Para comentar nesta página é necessário realizar o seu cadastro gratuíto ou entrar.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink

Usamos cookies para armazenar informações sobre como você usa o site para tornar sua experiência personalizada. Leia os nossos Termos de Uso e a Privacidade.