Encontro do Projeto RS Biodiversidade será nesta quinta-feira
CME MILHO (DEZ/20) US$ 4,170 (1,12%)
| Dólar (compra) R$ 5,59 (-0,36%)


Agronegócio

Encontro do Projeto RS Biodiversidade será nesta quinta-feira

A Conservação da Biodiversidade será tema de painel que acontece à tarde
Por:
993 acessos
Com o objetivo de fortalecer a rede interinstitucional de ações conservacionistas no RS, efetivando políticas públicas para a biodiversidade, em especial no Bioma Pampa, mais de 180 pessoas, entre técnicos, pesquisadores e estudantes, devem participar do 1º Encontro do Projeto RS Biodiversidade, que será realizado nesta quinta-feira (29-3), no Auditório da Emater/RS-Ascar, em Porto Alegre. Com o tema central “O Projeto RS Biodiversidade no contexto dos desafios e perspectivas para a conservação e desenvolvimento do RS", o evento é promovido pela Emater/RS-Ascar, Secretaria Estadual do Meio Ambiente, Fepam, Fundação Zoobotânica do RS e TNC do Brasil (The Nature Conservance).

A abertura oficial será às 9h, com a presença da secretária Estadual de Meio Ambiente, Jussara Cony, do presidente da Emater/RS e superintendente Geral da Ascar, Lino De David, e da diretora presidente da FZB, Arlete Ieda Pesqualetto, entre outras autoridades e representantes das instituições executoras do RS Biodiversidade.

TRABALHO INTEGRADO

O RS Biodiversidade é uma das políticas do Governo do RS para proteção e conservação dos recursos naturais e busca promover a incorporação do tema biodiversidade nas instituições e comunidades envolvidas. Os recursos para execução do Projeto ultrapassam US$ 11 milhões, sendo US$ 5 milhões de doação do Fundo Global do Meio Ambiente (GEF) através do Banco Mundial, e US$ 6,1 milhões de contrapartida do Governo do Estado.

Para o presidente da Emater, a readequação das propriedades, com delimitação das Áreas de Preservação Permanentes e da Reserva Legal e recuperação do campo nativo, assim como o desenvolvimento sócio-econômico do Pampa, são as grandes metas do programa, que vai atingir, em quatro anos, 500 famílias de 33 municípios, das regiões da Quarta Colônia, Campos da Campanha, Escudo Sul-Rio-Grandense e Litoral Médio.

“Por suas características, o Pampa é único e está seriamente ameaçado pela introdução de culturas anuais, que comprometem a qualidade do solo e o correto manejo dos animais”, analisa De David, ao defender a melhoria genética dos rebanhos para o fortalecimento da cadeia bovina gaúcha, beneficiando os pecuaristas familiares.

PROGRAMAÇÃO

Após a abertura oficial do Encontro, o coordenador geral do projeto, Dennis Patrocínio, apresentará as etapas do programa, salientando as ações de conservação do campo nativo e de implementação de sistemas agroflorestais. As ações desenvolvidas pelas instituições serão apresentadas por Sílvia Pangel, da Fepam; Luíza Chomenko, da FZB; Henrique Santos, da TNC; e Célio Alberto Colle e Antônio Borba, da Emater/RS-Ascar. A especialista em Meio Ambiente do Banco Mundial, Bernardete Lange, fará a apresentação do “Global Environment Facility – GEF”.

A Conservação da Biodiversidade será tema de painel que acontece à tarde, e que abordará “O cenário nacional: instrumentos jurídicos e avanços políticos”. A promotora de Justiça do Ministério Público do Distrito Federal, Juliana Santilli, vai tratar dos “Instrumentos jurídicos de proteção à diversidade biológica e à diversidade sociocultural associada”, e Ana Paula Leite Prates, diretora de Áreas Protegidas da Secretaria de Biodiversidade e Florestas, do Ministério do Meio Ambiente, sobre “Políticas Públicas para conservação da biodiversidade – o caso das áreas protegidas”.

O segundo painel “RS em foco: horizontes possíveis” vai abordar as “Paisagens naturais do Bioma Pampa: o que e onde conservar?”, apresentado por Eduardo Velez, biólogo e consultor ambiental; “Biodiversidade do RS: estado do conhecimento, lacunas e demandas”, apresentado por Glayson Ariel Bencke, biólogo especialista em Ornitologia e pesquisador do Museu de Ciências Naturais da FZB; e “Dinâmicas sócio-econômicas do Pampa do RS e a biodiversidade”, por Cláudio Ribeiro, engenheiro agrônomo, doutor em Desenvolvimento Rural e extensionista da Emater/RS-Ascar. Após as apresentações, haverá debate. O encerramento está previsto para às 17h45.

Anúncios que podem lhe interessar


Atenção: Para comentar nesta página é necessário realizar o seu cadastro gratuíto ou entrar.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink