Agronegócio

Entidade do MT quer BR e o fim da zona tampão

Entidades de Cáceres (MT) bucam solução para a BR 070 e pedem fim da zona tampão que impede o escoamento da carne
Por: -Redação
1 acessos

Representantes de uma dezena de entidades da sociedade civil de Cáceres (MT) estão se organizando para buscar medidas eficazes para resolver dois problemas que estão gerando graves prejuízos para o município. O primeiro diz respeito ao péssimo estado da BR 070, no trecho que liga Cáceres a Cuiabá. O segundo se refere ao fim da zona tampão que impede que a carne produzida no município seja exportada para a Europa.

Em relação à zona tampão, o presidente do Sindicato Rural de Cáceres, Amarildo Merotti, diz que o fato do município estar dentro desta área restritiva tem gerado grandes prejuízos aos pecuaristas e que refletem diretamente na economia de Cáceres, que tem como base econômica a pecuária. Segundo ele, o preço da arroba do boi produzido em Cáceres tem uma desvalorização média de R$ 5 em relação à arroba produzida em outros municípios. “Nós temos uma perda de cerca de 10% em relação aos municípios da região. Essa defasagem aliada às constantes quedas no preço da arroba do boi tem feito o pecuarista perde a liquidez e entrar numa situação irreversível”, alerta. O município está há mais de uma década e meia sem registro de febre aftosa.

Atenção: Para comentar esse conteúdo é necessário ser cadastrado, faça seu cadastro gratuíto.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink