Entidades de MT doam 80 mil doses de vacina contra febre aftosa para produtores bolivianos

Agronegócio

Entidades de MT doam 80 mil doses de vacina contra febre aftosa para produtores bolivianos

O Fesa, a Famato e o Indea fizeram a doação de 80 mil doses de vacinação contra a febre aftosa para a Bolívia.
Por:
327 acessos

O Fundo Emergencial de Saúde Animal de Mato Grosso (Fesa), a Federação da Agricultura e Pecuária de Mato Grosso (Famato) e o Instituto de Defesa Agropecuária de Mato Grosso (Indea) fizeram a doação de 80 mil doses de vacinação contra a febre aftosa para a Bolívia. Das 80 mil doses, 50 mil são para a Associação de Ganadeiros de San Matias e 30 mil para a Associação de San Ignácio. O Fesa investiu R$ 94 mil na compra das vacinas.

O presidente do Sistema Famato e do Fesa Rui Prado foi representado na solenidade de entrega pelo conselheiro fiscal do Fesa Antônio Carlos Carvalho de Sousa. O conselheiro lembra que a parceria entre os dois países teve início em 1997, na época batizada como Plano Interinstitucional Brasil/Bolívia."Foi uma procura dos bolivianos para uma relação comercial formal com o Brasil. E na ocasião eles não faziam vacinação e o primeiro passo era imunizar o rebanho boliviano para que uma transação comercial fosse consolidada. Quase 20 anos depois essa relação está sendo estreitada e solidificada em função do trabalho que está sendo realizado com apoio do Sistema Famato, iniciativa privada, órgãos de defesa animal e apoio financeiro do Fesa", destacou Sousa.

Na avaliação de Sousa esse trabalho de prevenção e erradicação da febre aftosa é de fundamental importância já que o vírus não tem nacionalidade e não respeita fronteira geográfica."A garantia que temos é a vacinação produzida no Brasil com todos os controles e rigores tanto dos laboratórios como do Ministério da Agricultura. A vacinação nos dá a tranquilidade que os animais bolivianos estão imunizados inclusive no mesmo período do Brasil. Na Bolívia, a vacinação vai até 15 de junho" apontou.

De acordo com a diretora técnica do Indea-MT Daniella Bueno os fiscais do órgão reforçam a atuação na fronteira boliviana com o objetivo de evitar que a doença entre no estado que tem o maior rebanho do país."Os profissionais do Indea também vão acompanhar a vacinação na Bolívia com o objetivo de cooperar com o trabalho conjunto de imunização dos animais", destacou a diretora.

Segundo o presidente interino da Associação de Ganadeiros de San Matias Aldo Vaca esse acordo bilateral entre Brasil e Bolívia é essencial para padronizar os trabalhos de imunização da febre aftosa.

Aldo Vaca garantiu que equipes bolivianas irão ao Brasil para conhecer e aprender técnicas de aplicação de vacinas e exigências sanitárias."Queremos alinhar os trabalhos com o país vizinho e ficar de olho no que está sendo feito do outro lado da fronteira e garantir a imunização do nosso rebanho de mais de 75 mil cabeças de gado", disse.

Para o presidente interino, o apoio do Sistema Famato, a parceria com o Fesa e o auxílio dos órgãos de defesa animal são de grande esforço e de cuidado sanitário muito importantes já que o Brasil e a Bolívia batalham pelo mesmo objetivo que é manter os dois países livres da febre aftosa."Essa imunização de 20 anos é fruto do trabalho do estado de Mato Grosso", afirmou Vaca. 

Para o presidente do Sindicato Rural de Cáceres Jeremias Pereira Leite a doação das vacinas e a parceria dos produtores bolivianos são importantíssimos para controle maior da doença na Bolívia, o que garante uma extensão maior do status sanitário nessa faixa de fronteira. Conforme Leite, essa parceria e investimento vêm colaborando para manter o estado livre da doença há 20 anos.

Após a entrega das vacinas os participantes se dirigiram a uma propriedade rural em San Matias para dar início à campanha de vacinação. Aldo Vaca e o conselheiro do Fesa Antonio Carlos realizaram as primeiras vacinações. Também participaram da solenidade representantes do Ministério da Agricultura, técnicos da Famato e pecuaristas bolivianos.

Atenção: Para comentar esse conteúdo é necessário ser cadastrado, faça seu cadastro gratuíto.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink