Agronegócio

Entidades debatem ações sobre manejo e conservação do solo e da água em Lajeado

Representantes de entidades estiveram reunidos no Escritório Regional da Emater/RS-Ascar para debater ações sobre manejo e conservação do solo.
Por:
471 acessos

Representantes de entidades estiveram reunidos na última terça-feira (12/07), no Escritório Regional da Emater/RS-Ascar de Lajeado, para debater ações sobre manejo e conservação do solo. Tomando por base o Programa Estadual de Manejo e Conservação do Solo e da Água da Secretaria da Agricultura, Pecuária e Irrigação (Seapi) - que terá a Emater/RS-Ascar como uma de suas executoras -, integrantes da entidade, do Sindicato dos Trabalhadores Rurais (STR), do Comitê da Bacia Hidrográfica Taquari/Antas e da Coordenadoria Regional de Educação, encaminharam uma série de atividades que deverão contemplar o programa.

Divulgações em reuniões de entidades, secretarias e em meios de comunicação, definição de unidades de referência técnica e social e de discussões com integrantes do Colegiado de Desenvolvimento Territorial (Codeter) do Vale do Taquari, já estão calendarizadas para ser executadas nos próximos meses. "Outro objetivo também envolve a elaboração de um projeto piloto de mapeamento de boas práticas de conservação do solo, da água e do meio ambiente para as escolas da região", salienta o assistente técnico regional na área de Manejo de Recursos Naturais da Emater/RS-Ascar, Marcos Schäfer.

Com o lema "Conservar para produzir melhor", o programa estadual visa incentivar, fomentar e coordenar ações integradas em parceria com órgãos e entidades públicas e privadas. "Uma das metas é estabelecer programas, diretrizes e instrumentos para a proteção e a conservação da qualidade do solo e da água", enfatiza o assistente técnico estadual na área de Solos da Emater/RS-Ascar, Edemar Streck. Outros objetivos, como redução da erosão e do uso de inseticidas e herbicidas na agricultura, bem como recuperação da capacidade de infiltração da água, também estão previstos no programa.

A atividade foi acompanhada também pelo gerente regional da Emater/RS-Ascar, Marcelo Brandoli, que valorizou a perspectiva de trabalho em parceria entre as entidades. "Temas como manejo de solos e água são essenciais e estão, como espaços ricos em vida, diretamente ligados a qualquer sistema produtivo", ressaltou. "Nesse sentido, trabalhar pela melhoria destes sistemas está relacionado certamente a uma agricultura mais forte, com incremento da rentabilidade agrícola, com redução de perdas e, consequentemente, aumento da qualidade de vida para os envolvidos", finalizou.

Ainda segundo o analista, entre as opções existentes para essa capacitação e qualificação em gestão da atividade da pecuária de corte, estão os cursos oferecidos pelo Senar Minas. “Um deles é o Programa Gestão com Qualidade em Campo [GQC], que busca atender à demanda dos produtores que desejam investir em gestão e qualidade nas propriedades rurais, ajudando a planejar e a colocar em prática ações que permitam reduzir custos e buscar eficiência na condução do negócio”.

Mais atrações

Com leilões, julgamentos de animais, rodeios, shows, parque de diversões, concursos leiteiros e competições de team penning, a programação da Expoagro GV promete empolgar o público até o próximo domingo (17). Durante a abertura, na quinta-feira (7), houve uma homenagem aos fundadores da URRD. Já na sexta-feira (8), começaram os shows e os leilões de animais, assim como o torneio leiteiro e o primeiro dia de competições. No domingo (10), foi realizada a tradicional Missa Sertaneja. Os julgamentos de raça começaram na terça-feira (12).

Atenção: Para comentar esse conteúdo é necessário ser cadastrado, faça seu cadastro gratuíto.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink