Entidades defendem mais recursos para o Plano Safra 21/22
CI
Imagem: Divulgação
PLANO SAFRA

Entidades defendem mais recursos para o Plano Safra 21/22

Entre as informações levadas ao Mapa, o impacto da estiagem na safra 2021/22 e o PLN1 foram destaques
Por:

O presidente do Sistema Famasul, Marcelo Bertoni, juntamente com o presidente da Aprosoja/MS, André Dobashi, reuniram-se, nesta segunda-feira (25), com o novo ministro de Agricultura Pecuária e Abastecimento, Marcos Montes, a fim de apresentarem os impactos da seca nas últimas safras de soja e milho em Mato Grosso do Sul, e justificarem a necessidade de linhas de crédito que atendam agricultores atingidos por estiagens prolongadas.

A reunião aconteceu na sede do Mapa, em Brasília, com a participação do secretário de Políticas Públicas do Mapa, Guilherme Bastos.

No contexto da agricultura sul-mato-grossense, que tiveram quedas sequenciais de produção e produtividade, devido a estiagens nas últimas safras de soja e milho, foram apresentadas ao ministro a necessidade da aprovação da PLN1, que tramita no Congresso Federal. 

“Estamos levando informações sobre os impactos das estiagens prolongadas e a importância da aprovação, pelo Congresso Nacional, do PLN 1/2022, o que atende, em parte, as demandas de nossos produtores. A abertura de crédito e a elevação de recursos irão refletir em juros mais compatíveis, destravando processos e agilizando a produção sul-mato-grossense”, destacou Bertoni.

 “Os agricultores precisam desse suporte e não podemos correr o risco de não aprovar a PLN1. Estamos em contato com os parlamentares do estado, para que tenhamos êxito, mas reconhecemos que esse deve ser um trabalho conjunto, de todos os produtores rurais, pressionando os parlamentares de suas regiões”, sinaliza Dobashi.

De acordo com o projeto SIGA MS, a produtividade da safra de soja, antes estimada em mais de 56 sacas por hectare, chegou a média de 38,65 sacas por hectare, com a produção passando de 12,7 milhões de toneladas para 8,6 milhões de toneladas.

“Desenhamos o cenário da agricultura sul-mato-grossense ao Mapa e tratamos do assunto junto à Frente Parlamentar da Agropecuária, por meio do Instituto Pensar Agro – IPA. Agora precisamos do apoio dos agricultores, para que façam coro ao pedido, e façamos juntos, com que a PLN1 seja aprovada, liberando assim, mais crédito ao Plano Safra, a juros justos”, finalizou o presidente da Aprosoja/MS.

A agenda em Brasília incluiu reuniões com a CNA, o sistema cooperativista, outras Aprosojas estaduais, e empresas privadas, com o objetivo de aprimorar o mapeamento da produção nacional de grãos.


Atenção: Para comentar nesta página é necessário realizar o seu cadastro gratuíto ou entrar.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink

Usamos cookies para armazenar informações sobre como você usa o site para tornar sua experiência personalizada. Leia os nossos Termos de Uso e a Privacidade.